Dragões em modo demolidor

Faturação portista triplicou

No espaço de três semanas, o FC Porto mais do que triplicou a sua folha de faturação em comparação com o anterior ciclo competitivo. Uma subida vertiginosa que está ligada ao bom momento que a equipa atravessa. Esta noite, os dragões esperarão continuar em modo demolidor e, assim, fechar com chave de ouro este período.

Finalizado o ciclo anterior, entre as paragens de setembro e outubro, com um balanço de três vitórias, dois empates e uma derrota, o FC Porto trabalhou no Olival, na ressaca da derrota por 1-0 na Luz, sob o espectro daqueles números. Na sua génese, o ciclo contou somente seis golos apontados (um por partida) e três sofridos. Como se percebe, até porque o número de tentos consentidos entre os dois ciclos é evidente, foi ao nível do ataque que os campeões nacionais deram o clique.

À meia dúzia de golos conseguidos diante de V. Setúbal, Tondela e Benfica (Liga); Schalke 04 e Galatasaray (Champions); e Chaves (Allianz Cup); o FC Porto respondeu no atual ciclo com os tais 21 tentos, entre Vila Real (Taça de Portugal); Lokomotiv (Champions); Varzim (Allianz Cup); Feirense e Marítimo (Liga). Uma conta de triplicar que, se eventualmente os dragões brindarem hoje o Sp. Braga com três tentos, até passará a ser de quadruplicar!

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0