Dragões têm de pagar ao Barcelona por cada não utilização de Tello

Revelação do empresário Josep Maria Orobitg

• Foto: Manuel Araújo

O FC Porto tem de pagar uma penalização ao Barcelona por cada jogo em que Tello não é utilizado. A revelação foi feita pelo empresário do jogador Josep Maria Orobitg ao Mais Futebol.

"Cada vez que o Tello não joga, o FC Porto tem de pagar uma penalização ao Barcelona. Essa é, aliás, uma condição imposta por eles nos jogadores que cedem e também uma exigência minha nos negócios que envolvem os jogadores que represento", frisou o agente.

Recorde-se que Tello está cedido pelos catalães aos dragões mas a Fiorentina está perto de garantir o extremo, numa operação semelhante.

Orobitg não quis revelar o valor destas penalizações, ainda que o tenha classificado de "alto", mas confessou que tal não parece assustar o FC Porto: "Disseram-me que não havia problema. Se eles querem continuar a pagar penalizações, tudo bem".

A visão portista é diferente

Enquanto Josep Maria Orobitg assume uma postura, o FC Porto explica o acordo de outra forma. É que, segundo os dragões, o FC Porto não paga quando Tello fica de fora, mas sim deixa de pagar quando ele joga. Na prática é o mesmo, mas tem como referência um valor inicialmente acordado.

Ou seja: o FC Porto e o Barcelona acordaram o pagamento de uma verba pelo empréstimo de dois anos - 2 milhões de euros segundo a imprensa espanhola. Sempre que Tello joga, há uma percentagem do valor que o FC Porto não pagará. Quanto mais o Tello jogar, menos o FC Porto pagará pelo empréstimo.

(Notícia atualizada às 18.45 de dia 20)

Por Luís Miroto Simões
5
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.