Energy Soccer nega ganhos de 1,94 milhões em comissões

Empresa onde opera filho de Pinto da Costa fala em 596 mil euros

• Foto: José Moreira

A Energy Soccer negou em comunicado que tenha encaixado 1,94 milhões de euros com as atividades ligadas ao FC Porto, relacionadas com transferências de jogadores.

A empresa, onde trabalha o filho de Pinto da Costa, Alexandre Pinto da Costa, diz que "o valor da facturação ao FC Porto SAD, nestes quatro anos, foi de 596 mil euros", valor muito abaixo do noticiado.

A empresa debruçou-se ainda sobre vários casos concretos, nomedamente os de Ricardo Quaresma, Carlos Eduardo e Casemiro.

Leia o comunicado na íntegra:

"Face às últimas noticias veiculadas por alguma comunicação social, a Energy Soccer vem por este meio esclarecer o seguinte:

1 - A Energy Soccer é uma sociedade de direito privado português, auditada e com rosto, domiciliada única e exclusivamente em Portugal e com objecto social de mediação, gestão de carreiras e representação de praticantes desportivos. Emprega vários colaboradores, profissionais nas mais diversas áreas de gestão desportiva, sendo o Sr. Alexandre Pinto da Costa um dos quadros da empresa.

2 – A Energy Soccer como toda a empresa de mediação de activos desportivos, não opera sozinha, trabalhando com outros parceiros, nacionais e internacionais, para com os quais tem direitos e deveres.

3 – Tendo sido nos últimos dias atacada a empresa de uma forma baixa e vil, sem fundamento legal e com critérios jornalísticos mais que duvidosos, cabe-nos de uma forma transparente e alicerçada em documentos contabilísticos, esclarecer os seguintes pontos, no que respeita ao quadriénio 2012/2015.

a) Carlos Eduardo – jogador adquirido ao Estoril Praia SAD pelo FC Porto SAD, envolvendo o valor de 900 mil euros, sendo posteriormente vendido por vários milhões para o All Hilal. A Energy Soccer facturou 100 mil euros ao FC Porto no total das duas operações.

b) Quaresma – A Energy Soccer, responsável pela venda do jogador ao Besiktas (1,5 milhões de euros) facturou ao FC Porto SAD a quantia de 156 mil euros. Na contratação do jogador a Energy Soccer não emitiu qualquer factura ao FC Porto SAD por este negocio.

c) Em relação aos jogadores Christian Atsu , Rolando e Álvaro Pereira, como é do domínio público, eram três activos que não faziam parte do projecto desportivo do FC Porto SAD. A Energy Soccer, com a sua intervenção directa, auxiliou o clube a encontrar uma solução, não só poupando vários milhões de euros em salários dos atletas, como ainda proporcionou um encaixe financeiro de 16,6 milhões de euros. Pelo serviço efectivamente prestado a Energy Soccer facturou o valor total de 305 mil euros, correspondente a 1,84 % do total do encaixe financeiro.

d) Casemiro – A Energy Soccer tem todo o orgulho em ser um dos responsáveis, em parceria com a Doyen/Vela, por este negócio inédito no futebol português, que permitiu ter ao clube nos seus quadros, um jogador internacional brasileiro, proveniente do Real Madrid e tendo ainda recebido 7,5 milhões de euros. O jogador pretendido por vários clubes europeus de topo, foi cedido ao FC Porto por empréstimo, com opção de compra de 15 milhões de euros, conseguindo colocar a cláusula inédita de o Real Madrid quebrar a opção de compra pagando 7,5 milhões de euros ao FC Porto. A estruturação deste negocio permitiu ao FC Porto, liderada por esta parceria, a obtenção de 7,5 milhões de euros, estando desde o inicio estipulada a comissão da Vela na envolvência deste negócio, não tendo a Energy Soccer emitido qualquer factura ao FC Porto SAD.

4 – A Energy Soccer é falsamente acusada de ter "lucrado" durante quatro anos (2012 a 2015) cerca de 1,94 milhões de euros. Dizemos falso, porque o valor da facturação da Energy Soccer ao FC Porto SAD, nestes quatro anos, foi de 596 mil euros.

5 - A Energy Soccer reserva-se ao direito de, em tempo, agir judicialmente contra todos aqueles que coloquem em causa o seu bom nome e reputação."

Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.