Fábio Silva: «Sérgio Conceição obriga-te a ultrapassar os teus limites»

Jovem avançado destaca a exigência do técnico português

Fábio Silva cumpriu a sua primeira época completa no Wolverhampton, mas não esquece o arranque da carreira como profissional, no FC Porto. Foram vários momentos marcantes e figuras que o ajudaram a evoluir, uma delas Sérgio Conceição. Como toda a gente, o jovem avançado destaca a exigência elevada do técnico português.

"Acho que essa é uma de suas melhores qualidades. Um treinador que te obriga a ultrapassar sempre os teus limites, tanto nos treinos como nos minutos que te dá. Esta é uma das melhores qualidades e acaba por se manifestar ao nível dos jogadores", referiu Fábio Silva, em entrevista ao jornalista Rémi Martins.

Pepe é um dos ex-companheiros que não esquece, especialmente os ensinamentos que lhe foi transmitindo enquanto partilharam o balnéario do FC Porto.

"O Pepe ajudou-me porque sabe que sou fã do Cristiano Ronaldo e já partilhou momentos com ele. Ele também sabe que sou uma pessoa trabalhadora e muito focada. Ele disse-me: "Trabalha, continua assim porque não é em um ou dois anos que farás a diferença em relação aos outros. É em cinco, seis anos, que poderás ver os resultados dessa continuidade, sempre focado, serás melhor e darás um grande salto", recordou Fábio Silva, destacando a amizade com Marchesín e com os outros sul-americanos.

"Não só com o Marchesín, mas com todos os sul-americanos também. Foi com o Saravia, antes de sair, Luis Díaz e Uribe também. Eu e os sul-americanos estávamos juntos o tempo todo. Nos últimos dias conversei por vídeo com o Marchesin. Ele é alguém que me ajudou muito e por quem tenho muito carinho. Ele sabe disso. Sempre serei grato pelo que fizeram por mim, mas não apenas eles", referiu o jovem avançado.

Fábio Silva também não esqueceu os amigos Diogo Costa, Diogo Leite, Fábio Vieira, Romário Baró, etc., com quem venceu a Youth League e lamentou que não tenham jogado tantas vezes como desejavam na equipa principal do FC Porto, à semelhança do que aconteceu consigo.

"Sinceramente, de um ponto de vista coletivo, não posso responder. Cada um pode falar por si. Pessoalmente, acho que sim. Individualmente, sem dúvida, esperava e gostaria de ter tido mais minutos no FC Porto", assumiu.

Por Record
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.