FC Porto ainda não conseguiu vencer 'carrasco' da primeira final europeia

Quase 37 anos depois da primeira final europeia perdida pelos dragões

O FC Porto vai procurar o primeiro triunfo frente à eneacampeã italiana Juventus, de Cristiano Ronaldo, nos oitavos de final da Liga dos Campeões, quase 37 anos depois da primeira final europeia perdida pelos dragões.

Em 16 de maio de 1984, a formação orientada por António Morais perdeu a Taça das Taças frente à 'vecchia signora', do francês Michel Platini, ao 'cair' por 2-1 em Basileia, na Suíça, onde o golo de António Sousa foi escasso face aos tentos de Vignola e Boniek.

Depois do segundo de nove troféus continentais do seu historial, a Juventus já encarou o FC Porto por mais quatro ocasiões na principal prova de clubes europeus, tendo somado um empate a zero em solo luso e um triunfo caseiro por 3-1 em outubro de 2001.

Esses dois encontros fizeram parte da primeira fase de grupos e os pupilos de Marcello Lippi impuseram-se ao conjunto de Octávio Machado no antigo estádio Delle Alpi, com golos de Del Piero, Montero e Trezeguet, contra o tento solitário do brasileiro Clayton.

Os últimos embates entre os campeões português e italiano aconteceram nos oitavos de final da Liga dos Campeões de 2016/17, quando a Juventus, comandada por Itália Massimiliano Allegri, venceu o FC Porto, de Nuno Espírito Santo, em dose dupla.

Pjaca e Dani Alves encaminharam a passagem da 'vecchia signora' no Dragão (2-0), que seria confirmada com um penálti convertido por Paulo Dybala em Turim, num percurso europeu estendido até à final perdida frente aos espanhóis do Real Madrid (4-1).

Ao todo, a Juventus, recordista de campeonatos italianos (36) e vencedora da Liga dos Campeões em 1984/85 e 1995/96, defrontou clubes portugueses por 17 vezes nas taças europeias, com quatro apuramentos e duas eliminações, ambas ante o Benfica.

As 'águias' impuseram-se nas meias finais da Taça dos Campeões Europeus de 1967/68, vencendo por 2-0 no antigo Estádio da Luz e 1-0 no atual Olímpico de Turim, a caminho da final perdida diante dos ingleses do Manchester United (4-1, após prolongamento).

Já em 2013/14, a 'vecchia signora' desperdiçou a oportunidade de disputar a final da Liga Europa no seu novo recinto, ao ser eliminada pelo Benfica também nas meias finais, graças ao 1-2 em Lisboa e ao 0-0 na capital da região transalpina de Piemonte.

Entre jogos com FC Porto, Benfica, Sporting, Marítimo e Vitória de Setúbal, a Juventus somou 10 vitórias, três empates e quatro derrotas, contrastando com os nove triunfos, nove igualdades e 14 derrotas dos 'dragões' frente às equipas italianas nas taças europeias.

Além da final de Basileia, o campeão nacional cedeu a Supertaça europeia perante o AC Milan (1-0), no Mónaco, em agosto de 2003, mesmo tendo sorrido na eliminatória mais recente, entre fevereiro e março de 2019, quando afastou a AS Roma na 'Champions'.

Depois do desaire por 2-1 na capital italiana, a equipa de Sérgio Conceição precisou do prolongamento para inverter o resultado (3-1) e rumar aos quartos de final, fase na qual seria afastada pelos ingleses do Liverpool (2-0 e 4-1), campeões da edição 2018/19.

O sorteio realizado hoje na sede da UEFA, em Nyon, na Suíça, 'programou' os dois embates entre FC Porto e Juventus em 16, 17, 23 ou 24 de fevereiro de 2021, no Estádio do Dragão, no Porto, e em 10, 16 ou 17 de março, no Estádio Allianz, em Turim.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.