FC Porto chama Tiago Antunes de mentiroso e promete continuar a denunciar "polvo fascista"

Dragões voltam a atirar-se à "Liga Salazar" a propósito do castigo de Brahimi

• Foto: Movenoticias

O FC Porto insurgiu-se este sábado contra o facto do Conselho de Disciplina (CD) da FPF ter mantido o segundo jogo de castigo a Brahimi - o argelino irá falhar o jogo deste sábado frente ao Chaves - voltando a apontar o dedo àquela que chama de "Liga Salazar" e prometendo "continuar a combater e a denunciar este polvo fascista".

"O recurso em que o FC Porto pedia a despenalização de Brahimi foi rejeitado pelo Conselho de Disciplina da FPF, que, sem imagens que atestassem a veracidade do que alegou Tiago Antunes, quarto árbitro no jogo Braga-FC Porto, optou por dar como certa a versão do árbitro. O que está em causa é muito simples, entre os testemunhos de um ex-capitão da seleção nacional, como é João Pinto, e um médico já com uma longa e idónea carreira, como é Nélson Puga, o Conselho de Disciplina acreditou, ou quis acreditar, na versão do mentiroso Tiago Antunes. E se não há imagens como sabemos que Tiago Antunes está a mentir? Por simples dedução, pois Tiago Antunes mentiu com os dentes todos quando disse que tinha encerrado o seu perfil no Facebook na segunda-feira, 17 de abril, quando na verdade só o fez por volta das 11h00 de terça-feira, 18 de abril, depois de trocar mensagens insultuosas com um adepto, como o nosso clube já demonstrou", pode ler-se na newsletter do clube, 'Dragões Diário'.

Relacionadas

E prossegue: "A moral desta história é muito triste: se os árbitros já sabiam que podiam não apitar grandes penalidades evidentes, como recentemente aconteceu com Manuel Oliveira e Rui Costa, nos jogos com o Setúbal e o Feirense, sem que penalização alguma lhes aconteça, agora também sabem que podem mentir a seu bel-prazer nos relatórios, desde que não haja imagens. A Liga Salazar lá vai fazendo o seu caminho, cada vez mais longe da verdade desportiva, cada vez mais perto de factos alternativos que adulteram a competição dia após dia. Qual é a solução? Continuar a combater e a denunciar este polvo fascista. Por tudo isto, mas também porque não esquecemos a forma como o processo foi conduzido, o FC Porto vai recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto.

Por Sofia Lobato
36
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.