Fisco recusou desconto no IRS a Julen Lopetegui nos tempos do FC Porto

Segundo o 'Expresso', treinador quis pagar apenas 20% ao abrigo de regime especial

• Foto: Arquivo/José Moreira

O fisco português recusou a Julen Lopetegui um desconto no IRS relativo ao período em que o treinador espanhol orientou o FC Porto (entre 2014 e 2016). Segundo o 'Expresso', quando chegou ao nosso país o técnico pediu às finanças para ser incluído no regime especial que tem como objetivo atrair 'cérebros' do estrangeiro para trabalharem em Portugal, permitindo-lhe pagar menos impostos.

Nesse período no Dragão, Lopetegui acabou por descontar apenas 20% de IRS sobre os seus rendimentos. Só que, em 2018, o fisco exigiu-lhe que descontasse de acordo com a tributação normal, apresentando uma nota de liquidação adicional superior a 800 mil euros.

8
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0