Francisco J. Marques e os jornalistas no email: «Visados estão a ser vítimas de Janela»

Diretor portista não tem dúvidas

• Foto: MoveNotícias

O diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, voltou ao caso do blogue ‘Verdade Desportiva’, que terá sido proposto por Carlos Janela a Luís Filipe Vieira, desta vez focando-se no gestor de ativos e salvaguardando os jornalistas que viram o seu nome usado abusivamente, como Jorge Barbosa e Sérgio Krithinas, de Record, que anunciaram o recurso à via judicial para apurar responsabilidades.

"É evidente que o email é completamente verdadeiro. Após a sua divulgação, na semana passada, os visados negaram alguma vez terem sido contactados, aceitado ou colaborado com o Benfica. Não tenho razões para duvidar disso. Acredito na inocência das pessoas e que estejam a ser vítimas do Carlos Janela. Até porque o passado de Janela é nada recomendável, ligado a coisas de corrupção", acusou Marques, mantendo a toada: "Há uma coisa garantida e possível de comprovar. O email foi enviado pelo Janela. Existe e teve de circular pelos servidores da PT e da Microsoft. Há dados que atestam que o email passou por lá. E existem também dados, um rasto possível de confirmar, de que foi enviado de uma conta para a qual é preciso entrar com o endereço do Carlos Janela e com a sua password. Por isso, o que ele está a dizer é falso. Não foram uns maluquinhos ao seu computador, entrando à pressa e usando a sua técnica de criar um blogue antes de haver internet..."

Para rematar o tema, o responsável portista não poupou nas palavras: "Janela quer enganar quem? Toda a gente percebeu que isto é completamente verdade.
O que está em causa, aqui, é a prática do crime de corrupção. Pelo menos na forma tentada. Janela tem razão só numa coisa. Estamos no âmbito do grande crime, só que o criminoso é ele."

Ligação de Vieira a Adão Mendes

O reenvio de um email de Luís Filipe Vieira para Pedro Guerra levou Marques, no ‘Universo Porto da Bancada’, do Porto Canal, a considerar ter sido estabelecida "uma ligação muito direta entre o presidente do Benfica e Adão Mendes, o criador da lista de ‘padres’. Agora é impossível de negar". O responsável portista fala mesmo de "um triângulo demoníaco para condicionar e pressionar a arbitragem" em favor dos encarnados. Foi ainda revelado outro documento onde Nuno Cabral se intitulava como "técnico de arbitragem do Benfica", e um pedido do Núcleo de Árbitros de Futebol do Ave, solicitando a Vieira 15 bilhetes para a final da Taça de Portugal, contra o V. Guimarães, usando como argumento o facto desses árbitros serem "simpatizantes" das águias.

Por Vítor Pinto
65
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.