Francisco J. Marques: «Transmissões BTV acabam por influenciar o VAR»

Diretor de comunicação do FC Porto aponta o dedo à realização dos jogos caseiros do Benfica

O resumo do Benfica-Famalicão

Francisco J. Marques criticou esta terça-feira, no Porto Canal, as transmissões televisivas dos jogos caseiros do Benfica na Liga NOS pela BTV. Utilizando como exemplos as "escassas repetições" de dois lances da visita do Famalicão à Luz na última jornada, o diretor de comunicação dos dragões disse que as realizações das partidas podem ter impacto na leitura do VAR.

"A forma como a BTV transmite os jogos do Benfica é uma forma fraudulenta. Quando há um lance de ataque do Benfica, ele é esclarecido ao teleespectador com diferentes ângulos, diferentes repetições. Quando se trata dos adversários há uma repetição de um ângulo que não permite esclarecer. É um padrão que procura dar uma perceção errada do jogo. Os árbitros sabem de antemão que os lances de suposta falta sobre jogadores do Benfica são escrutinados ao pormenor e quando é ao contrário é uma limpeza, passam ao de leve. E isto é realmente muito grave. Este é o caso mais evidente de terceiro mundismo do futebol nacional. A obrigação da Liga sobre isto é impor realizações independentes. O Benfica quer transmitir os seus jogos? Com certeza, mas a realização tem de ser independente. Vemos isso nas grandes ligas, não interessa depois se dá no canal A ou B", referiu, explicando a razão de, na sua opinião, o atual panorama ter influência em questões de arbitragem:

"O VAR tem acesso a todas as câmaras, mas também tem acesso à transmissão televisiva e isso acaba por influenciar, pois quem decide  são seres humanos. Quando têm uma transmissão que não é séria podem ser induzidos em erro por aquela transmissão."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.