Guerra em Itália por Herrera

Inter Milão aposta forte no mexicano e quer contratá-lo já em janeiro, prometendo aquecer a luta com a Roma

Héctor Herrera promete aquecer o mercado de inverno, uma vez que a um mês e meio de se abrir o período de transferências o seu nome começa a ser apontado cada vez com maior insistência a vários clubes. Depois de a Roma ter entrado em força na corrida pela sua contratação já em janeiro, com o próprio diretor desportivo Monchi a assumir a condução do processo, agora é a vez de o Inter Milão se posicionar na luta.

De acordo com o jornal ‘Corriere dello Sport’, o emblema nerazzurro está a ponderar seriamente avançar para a aquisição do médio, de 28 anos, acenando-lhe com um bom contrato e a possibilidade de representar o Inter já nos oitavos-de-final da Champions, dado que as novas leis da UEFA assim o permitem.

Herrera já era seguido pelo clube de Milão desde o verão, mas nessa altura as baterias estavam apontadas de forma mais efetiva para Luka Modric e Arturo Vidal. No entanto, perante as dificuldades que encontrou para garantir qualquer um desses médios, o mexicano passou a ser a prioridade para reforçar a equipa.

O contrato de Herrera acaba no final da época e a partir de janeiro já pode assinar por outro clube, mas perante a concorrência que está a despertar, tanto o Inter como a Roma estão a equacionar a possibilidade de apresentar propostas na casa dos 10 milhões de euros ao FC Porto para convencerem a SAD a libertá-lo no imediato. Outro Herrera que o Inter tem em cima da mesa é Ander, do Manchester United, que também se encontra em final de contrato, embora a preferência vá para o mexicano. De resto, de Inglaterra também é conhecido o interesse do Arsenal. Tottenham e Crystal Palace.

Jogador mostrou vontade de ficar

Depois de Pinto da Costa praticamente ter fechado a porta à continuidade de Herrera, quando revelou que o médio exigiu 6 milhões de euros para renovar o contrato, o jogador manifestou o desejo de continuar no FC Porto para além dos seis anos que vai completar no final desta época. Após o jogo frente ao Lokomotiv Moscovo, no Dragão, Herrera referiu que o dossiê estava nas mãos do seu empresário e dos responsáveis do clube e que estava a torcer para que chegassem a um acordo. Um processo que terá de avançar com alguma celeridade, uma vez que a partir de janeiro o mexicano já poderá assinar por outro clube sem interferência do FC Porto.

Por Rui Sousa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.