Herrera com o clássico em risco

Mexicano a um amarelo do castigo

• Foto: Manuel Araújo

Depois de um arranque intermitente na presente época, Héctor Herrera está agora de pedra e cal no onze portista, tendo completado os 90 minutos em campo das últimas seis partidas oficiais dos dragões. Em Coimbra, tudo leva a crer que será igual, a não ser que José Peseiro entenda protegê-lo do cartão amarelo que o afastaria do clássico da próxima jornada, frente ao Sporting, no Estádio do Dragão.

Marega também está em risco de exclusão, mas o extremo maliano não causa tanto transtorno, pois, ao contrário de Herrera, ainda não conseguiu impor uma posição nas primeiras opções do FC Porto.

Quanto ao médio mexicano, esse está a assinar a época mais profícua da sua carreira, face aos 8 golos que já assinou esta temporada, o último dos quais, frente ao Nacional, na pretérita jornada. Também por isso mereceu rasgados elogios de Gudiño. O guarda-redes que o FC Porto emprestou ao U. Madeira deu uma entrevista à ‘Marca’ e falou assim do médio: "Para mim, ele é mais do que um irmão. Como jogador é impressionante e faz coisas que nos surpreendem." Gudiño, de resto, também falou de Layún – "Admiro-o muito, ele dá sempre tudo o que tem em campo", disse – e de Corona – "É um excelente jogador."

Por Nuno Barbosa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.