Hugo Miguel na mira do FC Porto: «Se erra em grande quantidade não pode arbitrar a este nível»

Francisco J. Marques reforça críticas ao árbitro do jogo com o Moreirense

O jogo em Moreira de Cónegos já aconteceu há mais de uma semana, mas continua bem presente na memória dos responsáveis do FC Porto. Francisco J. Marques, em declarações ao Porto Canal, voltou a visar o árbitro Hugo Miguel e vincou que se os erros são muitos alguém tem de tomar medidas. 

"Importa ter noção que Hugo Miguel comete muitos erros graves. Se erra em grande quantidade não pode arbitrar a este nível. Interfere na verdade desportiva. Quando alguém não consegue desempenhos ao nível do exigido, tem de ser posto de parte. Ns quatro épocas mais recentes, em todas elas vemos casos muito graves", referiu o diretor de comunicação dos portistas, atacando também a APAF e dando o exemplo do selecionador nacional: "O Fernando Santos disse o seguinte esta semana numa entrevista: "Na época 1999/00 pensava que ia ser campeão europeu, mas não consegui porque fui muito roubado com o Bayern Munique." A APAF também vai fazer uma denúncia? Fazemos críticas dentro de uma linguagem que não é ofensiva e eles vão logo fazer queixa. Agora que foi o seleccionador nacional a falar também vão fazer queixa?"

Por fim, Francisco J. Marques fez mira ao Governo pelo facto de continuar a impedir a presença de adeptos nos estádios e nos pavilhões. "É perseguição o que o Governo está a fazer ao desporto, em particular ao futebol que é o que movimenta mais dinheiro. A pandemia é terrível para todos os sectores de atividade, mas parece que há um pecado mortal quando se fala em apoios e clubes de futebol. Num ano extremamente difícil, o FC Porto fez a Liga dos Campeões que fez, futebol movimenta muito dinheiro, faz entrar dinheiro no país. Milhões e milhões de euros em impostos. Já o Estado não nos devolve o IVA e agora temos esta situação completamente caricata de termos estádios ao ar livre onde não podemos ter pessoas mas depois nas salas de espectáculo pode-se. Se contratarmos um artista para atuar no Dragão Arena podemos ter público, se forem as nossas modalidades já não. É absolutamente incompreensível", vincou.

Por Record
8
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.