Layún: «É absurdo comparar o ano passado com este»

Mexicano espera derrotar Copenhaga

Antes de iniciar a sua segunda participação na Liga dos Campeões, Miguel Layún recusou-se a comparar o FC Porto que vai entrar em campo esta quarta-feira com aquele que representou em 2015/2016, primeiro com Julen Lopetegui e depois com José Peseiro. 

"É um pouco absurdo tentar comparar os dois anos. É importante manter a cabeça no que estamos a fazer e a trabalhar hoje. Não gosto de olhar para trás. Temos novas caras e novas coisas por alcançar", confessou na conferência de imprensa de antevisão da partida.

O lateral mexicano espera um triunfo mas respeita o campeão da Dinamarca. "Esperamos um jogo de exigência máxima, ninguém quer dar um passo em falso e queremos aproveitar a experiência do ano passado para fazer melhor. Eu trabalho sempre muito e dou o máximo. Tenho muito bons amigos no grupo, encontrei aqui coisas muito boas e tem sido muito positivo."

Layún garante que já está totalmente rotinado a lateral direito, depois de na primeira temporada de dragão ao peito ter jogado quase sempre na esquerda. "Sempre soube como era jogar na direita, as rotinas são muito semelhantes e o que procuro é sempre pôr as minhas qualidades no campo. Não há grande diferença."

Por José Morgado
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.