'Marca' destaca Romário Baró: «O 'imitador' de Zidane que desarmou o Benfica»

Jovem jogador dos dragões falado no país vizinho

• Foto: epa

Depois de há uns dias ter destacado Tomás Esteves por ter superado registos históricos de jogadores como Rúben Neves, João Félix ou Cristiano Ronaldo - ao ser o mais jovem do século a atuar pela seleção Sub-21 -, o jornal espanhol 'Marca' dedica esta segunda-feira um longo artigo a Romário Baró.

Com o título de "O 'imitador' de Zidane que desarmou o Benfica", a peça do diário madrileno passa em revista a ascensão do jovem médio de 19 anos, enaltecendo o facto de Baró poder ser a exceção que confirma a regra em relação ao escasso aproveitamento da formação por parte de Sérgio Conceição.

"Especialmente surpreendente e importante foi a sua titularidade no Clássico. A 'carta secreta' de Conceição desarmou as águis e provocou a primeira derrota na Liga ao Benfica de Bruno Lage. Baró travou as constantes subidas de Grimaldo pela esquerda e gerou superioridade no meio, ao fechar espaços junto a Uribe, Marega e Zé Luis", escreve a 'Marca' no seu artigo, no qual compara o jovem a Emerson ou Anderson.

Na análise feita às características do médio, o jornal espanhol destaca a sua qualidade e vasto repertório técnico (ainda que admita que por vezes parece algo "tosco), a capacidade para liderar transições rápidas e contra-ataques, isto para lá da sua oferta nas tarefas defensivas. "A sua entrega e sacríficio não têm fim", destaca a 'Marca', num texto no qual no geral deixa rasgados elogios ao jovem jogador que tem contrato com o FC Porto até 2023.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.