Marcano convencido a assinar pela Roma

Perto da saída

• Foto: Simão Freitas

Apesar das tentativas de Sérgio Conceição e da SAD para convencer Iván Marcano a renovar pelo FC Porto, é cada vez mais provável a partida do central para a Roma, onde o espera um contrato de três épocas com um salário anual de dois milhões de euros anuais livres de impostos. De acordo com a imprensa italiana de ontem, o espanhol, de 30 anos, já terá dito o ‘sim’ aos responsáveis do emblema italiano, deixando para trás convites de outros clubes, como o Marselha, Valencia, Sevilha e Betis.

Quando viajou ao Porto, no dia 4 deste mês, juntamente com o seu colaborador Federico Balzaretti, o diretor desportivo da Roma, Monchi, estava determinado em garantir o defesa do FC Porto, ele que se tornou um dos jogadores mais apetecíveis neste mercado de transferências. Em final de contrato com os dragões e detentor de um percurso interessante na Champions, onde fez 33 jogos, Marcano é o defesa que a Roma procura para reforçar a sua equipa na próxima época, de forma a precaver-se para as eventuais saídas de Manolas e Juan Jesus, dois jogadores muito solicitados pelo mercado. Monchi marcou em cima o central dos dragões e a partir daí tem sido grande a insistência da Roma, que deu até ao final desta semana para o espanhol decidir.

SAD atenta ao espanhol

Até que Marcano coloque a sua assinatura num novo contrato com outro emblema, o FC Porto estará atento à situação de um dos seus subcapitães, ao qual fez constar, desde a primeira hora, a intenção de conseguir uma prolongação do vínculo que expira dia 30 deste mês. Diga-se que o nosso jornal tentou chegar à fala com o empresário de Marcano, Iñaki Ibañez, por várias vezes ao longo do dia de ontem, mas o mesmo manteve-se incontactável.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.