Record

Marega espera esforço do West Ham

Conversações continuam com o mercado prestes a fechar

• Foto: MOVENOTICIAS

Depois de ultrapassada a Supertaça Cândido de Oliveira, o arranque da preparação para a 1ª jornada da Liga NOS também fica marcado no Olival pelo dossiê Marega. Com o maliano afastado dos trabalhos do plantel – uma situação a confirmar no treino desta tarde, que decorrerá à porta fechada –, a bola, por assim dizer, está do lado do West Ham. Certo é que, segundo as informações recolhidas por Record, a SAD não aceitará libertar o avançado no imediato se a oferta dos ingleses não atingir um valor global a rondar os 40 milhões de euros que constam da cláusula de rescisão.

Entende a administração da sociedade que nem só Marega tem responsabilidade sobre o momento de tensão que se verifica entre as partes e que, como autor moral do comportamento do jogador, o West Ham deverá agora justificar a sua conduta. Os 30 milhões de euros que foram colocados em cima da mesa num passado recente continuarão a ser rejeitados, pelo que os ingleses já se terão mostrado disponíveis para subir a parada. Segundo a versão de domingo do jornal inglês ‘Daily Express’, as negociações entre os dois clubes continuam.

Enquanto a tal oferta irrecusável não chega, o dia a dia de Marega está nas mãos de Sérgio Conceição, que tem também uma importante palavra a dizer sobre a concretização de um eventual negócio. Acima de tudo, cabe ao treinador assegurar que a relação com o maliano não é palco de uma rutura insanável, que poderia ter consequências funestas para todas as partes. Para já, conquistou a Supertaça depois de o ter deixado de fora das escolhas.

Trunfos estão do lado azul e branco

Não obstante o constrangimento interno provocado pelo caso, a SAD tem vários argumentos a seu favor que lhe permitem posicionar-se claramente como parte mais sólida em todo o processo. É que Marega não se encontra numa situação de final de contrato, contrariamente ao que acontece, por exemplo, com Herrera e Brahimi, podendo gerir a extinção do vínculo que se estende até junho de 2020. Além disso, o mercado inglês fecha já na quinta-feira e os dragões podem jogar com esse ‘aperto’.

NÚMEROS

100 milhões de euros já investiu o West Ham neste mercado de transferências, em nomes como Felipe Anderson (Lazio), Issa Diop (Toulouse) e Yarmolenko (B. Dortmund). O mais caro foi o primeiro, que custou 38 milhões de euros

23 golos em 41 partidas na temporada transata. São sobretudo estes números de Marega que seduzem os hammers, isto além da sua imagem de marca, a velocidade de ponta

Por André Monteiro
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

M