Record

Martino irritado com FC Porto: «Se Corona andou a jogar infiltrado podiam ter-lhe dado descanso»

Selecionador do México apontou o dedo à excessiva utilização do extremo

• Foto: José Gageiro/Movephoto

Tata Martino voltou ontem à carga para criticar a forma como o FC Porto conduziu o dossiê Corona. O selecionador do México insistiu na ideia de que o extremo deveria ter viajado para a concentração da tricolor, nos Estados Unidos, e apontou o dedo à sua excessiva utilização quando já estava em dificuldades físicas.

"Estava a jogar ao domingo, quarta, sábado e num desses jogos foi contra o último classificado do campeonato. Se o jogador andou a jogar infiltrado, poderiam ter-lhe dado descanso. Isto também tem a ver com o clube, nada funciona através de um comunicado de imprensa, as lesões comunicam-se com imagens e relatórios médicos, que apenas me chegaram às mãos na quarta-feira. Vamos ter de resolver as coisas, sendo certo que a obrigação de Jesús era ter vindo cá", reforçou Martino, dando a entender que a posição de Corona na seleção ficou fragilizada.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas