Maxi e Layún a tempo inteiro nas seleções

Nuno Espírito Santo aguarda pela chegada da dupla

• Foto: Manuel Araújo

Nuno Espírito Santo aguarda pela chegada de Maxi Pereira e dos três mexicanos (Miguel Layún, Jesús Corona e Héctor Herrera) para comandar o último treino antes do jogo de Chaves, sabendo de antemão que os dois laterais vão chegar mais desgastados do que os outros companheiros que estiveram em ação pelas seleções.

Tanto Maxi Pereira como Layún fizeram a totalidade dos minutos frente ao Chile e Panamá, respetivamente, na noite de terça-feira, o que causa natural apreensão ao treinador do FC Porto, que necessita de um deles para ser titular no encontro da Taça de Portugal. Não são tão problemáticas as situações de Héctor Herrera, que entrou aos 73 minutos, nem de Jesús Corona, que não saiu do banco de suplentes. O menor desgaste que ambos tiveram dá-lhes boas perspetivas de manterem a titularidade em Chaves.

Seja como for, Nuno Espírito Santo conta ter todos eles em boas condições para integrarem o treino de hoje.

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.