Mbemba: «Trabalho como um louco»

Defesa-central explica a boa temporada ao serviço do FC Porto

• Foto: EPA

A primeira primeira temporada de Mbemba ao serviço do FC Porto não foram fáceis, mas a época que agora terminou ficou marcado pelo bom nível apresentado pelo defesa-central congolês, que acabou por ser peça-chave na conquista dos dois títulos dos azuis e brancos.

E a receita para esta subida de nível foi, segundo o próprio jogador, simples de atingir: trabalho. "Eu trabalho como um louco. No primeiro ano, não desejava apenas jogar oito jogos, mas quis Deus que eu me lesionasse. Mas continuei a trabalhar para ter a oportunidade de voltar ao relvado e o treinador deu-me a oportunidade. A concorrência foi difícil. Eu aproveitei as oportunidades que o treinador me deu e acabou a época, mas tive de fazer mais para enfrentar a segunda temporada», referiu Mbemba, salientando o papel de Sérgio Conceição neste processo.

"Conceição é como um pai. A relação é de treinador para os seus filhos. Se eu baixar o meu nível, as palavras podem mudar. Para que ele não mude as suas palavras, tenho de manter o meu nível constante", apontou.

A lesão de Iván Marcano, na segunda metade da temporada, obrigou à criação de uma nova dupla, que passou por Mbemba e Pepe. Para o central congolês, jogar ao lado do português foi uma honra. "Eu vi Pepe jogar pela televisão, quando eu ainda estava no Congo. É um orgulho jogar ao lado dele e estou a aprender muito. Quando brinco com ele, sinto-me bem. Motiva-me, é uma pessoa com a qual sempre se sonha jogar. Hoje jogo ao lado dele. É uma bênção que poucos podem ter. Eu converso com ele, não muito, mas ele dá-me conselhos quando estamos juntos", garantiu.

Por Pedro Morais
4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.