Médico do FC Porto sublinha: «Voleibol e futebol tem risco baixo de contágio de Covid-19»

Nélson Puga acredita que seja possível retomar os treinos e competições no voleibol em breve

• Foto: Peter Spark/Movephoto

O voleibol e o futebol são modalidades com risco de contágio pelo novo coronavírus "semelhantes e baixos", afirmou Nélson Puga, responsável pelo departamento médico das seleções de voleibol e pelo departamento médico do FC Porto.

"Os riscos são semelhantes e baixos, em meu entender. Por um lado, menores porque no voleibol ainda existe menos contacto físico e, por outro, ligeiramente maiores porque no pavilhão o voleibol é praticado em recintos fechados", disse, em entrevista à Federação Portuguesa de Voleibol (FPV).

Nélson Puga, que também chefia o departamento médico do FC Porto, entende que a modalidade na qual se notabilizou como jogador tem semelhanças com o futebol no que diz respeito ao risco de contágio, considerando que o risco "é baixo".

O médico, que foi o primeiro jogador a atingir as 100 internacionalizações pela equipa portuguesa de voleibol, lembra que na modalidade, os contactos "apenas se verificam durante escassos segundos e na maioria das vezes espaçados de mais de 1,5 metros de distância".

O médico defendeu ainda que acredita que seja possível retomar os treinos e competições no voleibol em breve.

"Acredito que a curto/médio prazo haja condições para retomar treinos e competições. O que é preciso é que seja apresentado um plano de contingência com uma proposta de adaptação às novas realidades e que esse plano seja debatido e aprovado pelo Governo e em particular pela DGS", afirmou.

Nélson Puga defende a retomada dos treinos com a aplicação das medidas de proteção recomendadas para DGS, que passam, entre outras, pelo "uso obrigatório de máscaras nos recintos fechados (com a exceção para os atletas enquanto no desempenho da sua atividade), criação de regras de distanciamento entre todos, implementação de normas mais rígidas de desinfeção e higienização dos espaços e monitorização de temperatura e sintomas à entrada dos recintos".

Esta época, em Portugal, as competições voleibol, foram canceladas sem atribuição de título, devido à pandemia de covid-19, tal como sucedeu com andebol, futsal, basquetebol e hóquei em patins.

A I liga portuguesa de futebol tem reinício previsto para 04 de junho, depois de uma paragem de mais de dois meses, devido à pandemia de covid-19.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou quase 330 mil mortos e infetou mais de cinco milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Nuno Lobo: «Não há democracia no FC Porto»

O candidato da Lista B assume, aos 50 anos, que quer ser o rosto da mudança no Dragão. Tem ideias para revitalizar o clube, mas lamenta que não as possa debater. Grato a Pinto da Costa, vê-o em final de ciclo na presidência

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0