Record

Mercado de Leiria abastece o campeão

CLUBE DO LIS AJUDOU OS DRAGÕES A FORMAREM UMA EQUIPA VENCEDORA

A contratação de José Mourinho, há pouco mais de dois anos, foi o ponto de partida para uma relação mais estreita entre o FC Porto e a União de Leiria. Profundo conhecedor do plantel leiriense, com quem realizou um trabalho meritório, o técnico abasteceu-se no clube do Lis com alguns dos jogadores que considerou fundamentais para levar a cabo a sua missão nas Antas.

Primeiro apostou decididamente em Derlei e Nuno Valente, opções que se vieram a tornar fulcrais para as conquistas da época passada. O "ninja" foi o mais mediático por razões evidentes, mas o lateral-esquerdo também teve papel importante na estrutura da equipa. Tiago chegou em vésperas do arranque da SuperLiga e foi importante para dar rotatividade ao onze, permitindo a Costinha descansar em alguns jogos.

Mas Mourinho tinha outros leirienses debaixo de olho. Chegou a falar-se no avançado Jaques e de forma mais insistente no criativo Silas. O médio terminou contrato no final da época transacta, mas o interesse do FC Porto acabou por não passar disso mesmo, tendo Silas seguido para Inglaterra, onde representa actualmente o Wolverhampton.

Na agenda do treinador portista estava ainda Maciel, um avançado com características muito idênticas à de Derlei e que encaixava bem no seu esquema táctico. Mourinho nunca lhe poupou elogios, pelo que seria de esperar que um dia o iria mesmo buscar a Leiria. A lesão de Derlei, em Alverca, só veio antecipar a contratação do brasileiro.

Não foi preciso esperar muito para Maciel mostrar serviço. O ex-leiriense deu boas indicações em Paços de Ferreira e em Braga marcou o seu primeiro golo com a camisola do FC Porto. Em Alvalade não teve tantas oportunidades de brilhar, como tinha acontecido quando alinhou pela União de Leiria.

Pode muito bem dizer-se que razão têm os adeptos leirienses: "Para ser campeão abasteça-se na União." Foi assim que na época passada se apresentaram nas Antas, ao verem os seus ex--craques no FC Porto.

Leirienses também têm beneficiado

É verdade que o FC Porto se reforçou de forma considerável em Leiria, tirando à formação do Lis alguns dos seus melhores jogadores. Primeiro Manuel Cajuda, e esta época Vítor Pontes, ficaram privados de atletas importantes, mas viram o cofre da SAD ficar bem recheado com as verbas pagas pela administração do FC Porto.

Além disso, a União de Leiria ficou com Alhandra a título definitivo, bem como Hugo Almeida e Tiago, emprestados até ao fim desta temporada. Serginho Baiano, que nesta altura está cedido pelos dragões ao Nacional da Madeira, já tem guia de marcha para Leiria no final da época, juntando-se a título definitivo ao clube do Lis. Uma ligação bem produtiva para ambos os lados.

Santos apostou na Amadora

A opção de Mourinho sobre os jogadores que treinou na União de Leiria não é uma situação nova no FC Porto. Quando assumiu o comando técnico dos azuis e brancos, em 98/99, Fernando Santos também pescou na Amadora atletas que considerava serem importantes para a estratégia que pretendia.

Levou consigo Chainho e Rodolfo, mas a verdade é que só o primeiro teve algum protagonismo, correspondendo nas oportunidades que o engenheiro lhe concedeu. Seguiu-se o extremo-esquerdo Paulo Ferreira. Um jogador que nunca fez sequer um jogo oficial com a camisola do FC Porto.

Sem dúvida que a única aposta da Amadora que brilhou nas Antas foi Jorge Andrade. O central fez duas grandes épocas ao serviço dos dragões, chamando a atenção de alguns dos grandes da Europa. Acabou por ser o Deportivo da Corunha a ganhar a corrida, pagando ao FC Porto doze milhões de euros, incluindo na transferência o guarda-redes Nuno.

Outros clubes têm fornecido diversos jogadores aos azuis e brancos, nos últimos dez anos, porém sem um denominador comum. Neste período, o clube que mais atletas transferiu para o FC Porto foi o Belenenses.

Senão vejamos: Emerson e João Manuel Pinto (sob o comando de Bobby Robson), Lula, Fernando Mendes, Neves e Tulipa (contratados no tempo de António Oliveira) e César Peixoto (exigido por José Mourinho). Como se sabe, nenhum dos referidos técnicos treinou o Belém.
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

M