Tottenham quer levar Zé Luís mas ainda tem de 'convencer' a Premier League

Transferência está alinhavada mas há aspetos a desbloquear

• Foto: José Reis/Movephoto

Zé Luís pode vir a ser reforço do Tottenham nesta janela de transferências de inverno, por empréstimo do FC Porto. A informação foi avançada esta terça-feira, ao final da noite, pela SIC Notícias, e confirmada por Record junto de fonte próxima ao processo.

De acordo com o que apurámos, o ponta-de-lança é uma hipótese real para reforçar o plantel de José Mourinho. A Gestifute de Jorge Mendes está a intermediar o negócio entre FC Porto e Tottenham e, com a cedência temporária já alinhavada, as partes trabalham em conjunto para viabilizar a transação ao nível da moldura regulamentar da Premier League.

O ponta-de-lança cabo-verdiano não tem passaporte português - nem qualquer outra nacionalidade europeia -, pelo que necessita da conhecida permissão especial de trabalho para que a mudança para o Tottenham venha efetivamente a ser desbloqueada. A expectativa geral é de que esta situação vai ser ultrapassada e Zé Luís poderá então rumar aos spurs por empréstimo até ao final da época, ficando os ingleses com a possibilidade de acionar uma opção de compra por um valor que permanece em segredo.

Uma das vias para Zé Luís obter permissão de trabalho poderia relacionar-se com a sua condição de internacional por Cabo Verde, porém este será, à partida, um beco sem saída. Como 75.ª classificada do ranking da FIFA, a seleção de Cabo Verde não permite ao avançado jogar o 'trunfo' do atleta de elite de uma seleção estrangeira, uma vez que a Premier League só considera para o efeito seleções até ao 50.º posto do ranking FIFA.

Além disso, mesmo que os cabo-verdianos, por hipótese, estivessem no 50.º lugar, Zé Luís teria de ter jogado 75 por cento dos compromissos da sua seleção nos últimos dois anos, o que também não se verifica tendo em conta que voltou a representar o seu país somente esta temporada.

No entanto, para as seleções que não cumprem os requisitos, a Premier League apresenta uma última hipótese de inscrição. Os clubes podem apresentar recurso para o Painel de Exceções, que terá em linha de conta tanto critérios objetivos como subjetivos previamente regulamentados. Através desta via, a tarefa dos clubes, neste caso o Tottenham, passa por justificar as razões pelas quais o jogador não cumpre determinados critérios ou então convencer o Painel de Exceções de que os cumprirá no futuro.

11
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.