Nakajima: «Sempre acreditámos que a recuperação seria possível»

Japonês alerta, ainda assim, que nada está garantido

No momento em que o campeonato parou, o FC Porto encontrava-se em primeiro lugar, depois de operar uma recuperação de sete pontos de atraso em relação ao rival Benfica.

A cavagalda até ao topo começou precisamente num jogo frente às águias, no Dragão, que os azuis e brancos venceram por 3-2. Em entrevista à revista 'Dragões', Nakajima assume que esse jogo foi de extrema importância para o regresso à liderança, mas não esconde que o plantel sempre acreditou que esse passo era possível.

"No futebol tudo pode acontecer e sempre acreditámos que a recuperação seria possível. Foi sem dúvida uma vitória muito importante para o FC Porto [a do clássico, no Dragão], mas a verdade é que ainda faltam disputar muitos jogos e o Benfica não irá certamente atirar a toalha ao chão. Temos de nos manter focados no trabalho diário, com o pensamento de que nada está conquistado e que temos de evoluir a cada dia e a cada jogo para continuar na liderança", apontou o japonês, explicando o que o grupo sentiu à medida que foi ganhando terreno ao rival.

"O ambiente era naturalmente muito bom, mas sem euforias. O grupo acreditou sempre que seria possível recuperar os pontos perdidos, mas sempre com a consciência de que tudo isso só tem realmente significado se mantivermos o foco", acrescentou.

Questionado sobre qual foi o segredo do grupo para a retoma, Nakajima sublinhou o trabalho. "O segredo é o trabalho e nunca desistir, dia após dia e semana após semana", concluiu.

Por Pedro Morais
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.