Nuno Espírito Santo e a derrota em Leicester: «Margem de erro reduz-se bastante»

Técnico recorda, porém, que ainda há "12 pontos para disputar"

• Foto: Reuters

Nuno Espírito Santo reconhece que o desaire desta terça-feira, em Leicester, em partida da 2.ª jornada do Grupo G da Liga dos Campeões, pode colocar em causa as aspirações do emblema azul e branco na competição. O técnico portista recusa-se, todavia, a atirar a toalha ao chão e recorda que ainda há "12 pontos por disputar".

"Depois de um mau início, fizemos uma segunda parte muito melhor. A equipa encontrou-se, com muita posse de bola e criou oportunidades suficientes para que o resultado fosse outro", sintetizou o técnico dos dragões, antes de pegar na calculadora: "Não foi possível e, no sentido do que é este grupo da Champions, é óbvio que a margem de erro reduz-se bastante. Claro que é imperioso ganhar o próximo jogo contra o Brugges."

Depois, Espírito Santo recuperou a imagem da equipa em crescimento, que ainda não consegue ser mandona em jogos de competições com este grau de exigência.

"A equipa tentou, na segunda parte esteve mais dentro da imagem que pretendíamos, mas tudo isto faz parte de um processo de crescimento. Falta confiança para conseguir uma vitória atrás de outra", reconheceu o técnico, admitindo existirem vários "aspetos que têm de ser melhorados, como a eficácia", pois, segundo o treinador portista, os dragões acabaram "por ter oportunidades suficientes para que o resultado fosse outro."

Há ainda a questão da maturidade, que, reconhece Nuno Espírito Santo, a equipa ainda não tem. 

"Para conseguirmos qualquer ponto nesta competição temos de ser equipa madura, capaz de dominar o jogo, dentro daquilo que queremos. Os jogadores precisam de sentir que têm posse e que controlam o jogo. Sabemos onde temos de melhorar, vamos trabalhar e reagir a este resultado", promete o técnico da equipa azul e branca, deixando ainda mais uma dica sobre o que tem que mudar... para melhor.

"Na Champions temos de ser uma equipa muito mais madura para podermos pontuar. Vamos reagir a este resultado, para, de forma sustentada" ganhar jogos", concluiu o treinador dos dragões.

Por António Mendes
8
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.