Pepe: «Já ganhei a Champions três vezes e esta será a quarta»

Defesa do FC Porto revela ambição de vencer a competição ao serviço dos dragões

• Foto: José Gageiro

Pepe não poderá o dar o seu contributo ao FC Porto na partida da 1.ª mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, em Liverpool, mas estará disponível para o jogo de volta, no Dragão, com uma ambição assumida de passar à próxima fase e dar mais um passo rumo a uma desejada vitória na final da competição.

"Já ganhei a UEFA Champions League três vezes e esta época vai ser a quarta, se Deus quiser! Sabemos que vai ser muito difícil, frente a uma equipa forte [Liverpool] que joga à imagem do seu treinador. Mas temos de ser nós próprios, temos de ser a mesma equipa que temos sido nesta Champions League, uma equipa coesa que luta por tudo, à procura de um resultado positivo e de golos, em suma, fiel em si próprios. Temos de respeitar o Liverpool, que é uma grande equipa, mas vamos fazer o nosso trabalho", frisou o experiente defesa-central, que esta temporada voltou ao FC Porto para "cumprir um sonho".

"Sempre disse que foi o futebol que me deu tudo na vida, muitos amigos, e a possibilidade de realizar os meus sonhos. Regressar ao FC Porto era também um sonho que tinha, o de voltar ao clube onde fui feliz. Esta é a equipa que me ensinou muito e fez de mim o jogador que sou hoje", apontou, antes de puxar a fita atrás e recordar a primeira aventura de azul e branco.

"A primeira vez que cheguei ao clube foi difícil, porque deixei uma pequena ilha para vir para o continente. Tive de me adaptar muito depressa porque foi logo a seguir ao FC Porto ter ganho a Champions League. No entanto, identifiquei-me rápido com o clube, as pessoas fizeram-me sentir muito confortável e deram-me as melhores condições possíveis para trabalhar", confessou.

Assumindo que o FC Porto "é um clube muito exigente", Pepe não escondeu que esse foi um fator preponderante para que vingassem Espanha, ao serviço do Real Madrid.

"O FC Porto melhora cada jogador porque é um clube muito exigente. O FC Porto preparou-me muito bem e isso não passou despercebido em Espanha, pois quando fui para o Real Madrid o clube era conhecido como uma equipa na qual os defesas-centrais fracassavam. Eles tinham tido grandes defesas-centrais que acabaram por não estar à altura das exigências. Vim de uma equipa encarada por muitos como menos competitiva que as outras, mas joguei no Real Madrid dez anos e ganhei muitos troféus", relembrou, concluindo com uma pequena análise aos seus companheiros de equipa, mais concretamente aos de setor.

"Agora estou aqui de novo no FC Porto, com muitos outros bons defesas-centrais. Defesas que, na minha opinião, podem muito bem jogar num clube como o Real Madrid, porque têm muita qualidade. Tanto que o [Éder] Militão foi contratado pelo Real Madrid", frisou.

Por Pedro Morais
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0