Pinto da Costa: «Não deixaremos de lutar contra tudo e contra todos»

Presidente do FC Porto aponta "obstáculos" para além "dos adversários"

• Foto: Lusa/EPA

Com duas competições para decidir até ao final da temporada, Jorge Nuno Pinto da Costa não baixa a guarda, nem mesmo com a vantagem de dois pontos que o FC Porto tem sobre o Benfica. O presidente dos dragões, através da página presidencial da Revista Dragões, alertou os adeptos para um "caminho longo", que terá "outros obstáculos" que não só os adversários.

"As duas provas que estamos a disputar não estão decididas, e no caso do campeonato sabemos que o caminho ainda é longo. Sabemos que por vezes há obstáculos que temos de enfrentar além dos nossos adversários. Mas não deixaremos de lutar contra tudo e contra todos. Foi sempre esse o nosso percurso. E é por isso que o FC Porto de hoje é tão diferente do que existia a 25 de abril de 1974", apontou o líder dos azuis e brancos.

De olhos postos no futuro, Jorge Nuno Pinto da Costa não esquece, ainda assim, os eventos que marcaram o passado mais recente do FC Porto, no caso as eleições, que decorreram a 6 e 7 de junho. O presidente dos dragões não podia ter ficado mais satisfeito com a demonstração de portismo que se verificou nas urnas e fez questão de vincar isso mesmo no mesmo texto.

"Sou presidente do FC Porto há 38 anos e já vi o nosso clube ser enterrado muitas vezes por quem nos quer mal. Costuma ser bom sinal. De cada vez que isso acontece, respondemos com força e suscitamos ainda mais razões para continuarmos a ser invejados. Foi o que aconteceu nas últimas semanas. As eleições que se realizaram a 6 e 7 de junho foram um momento espantoso. O civismo dos sócios, a mobilização impressionante, o brilho da organização, a forma como os vencedores e os vencidos lidaram com os resultados, a direção dos trabalhos pelo conselheiro superior Matos Fernandes...Tudo contribuiu para mostrar que o FC Porto está bem vivo", referiu, deixando ainda um recado neste ponto.

"O FC Porto tem uma base associativa forte, que se interessa pelo destino do clube e que sabe expressá-lo com elevação em eleições democráticas, sem voos de cadeiras e sem apertões no pescoço a ninguém", concluiu.

Por Pedro Morais
95
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.