Pinto da Costa analisa final da Taça: «Derrota do Benfica não foi vergonhosa»

Líder portista realça desportivismo das águias no encontro de Coimbra e aponta aos "falsos isentos"

• Foto: José Gageiro/movephoto

Pinto da Costa elogiou a forma como Benfica "soube perder" a final da Taça de Porugal, considerando que as águias tiveram desportivismo dentro e fora da quatro linhas em Coimbra. 

"Não se pode tirar mérito ao Benfica, ontem não tendo jogado bem e não tendo aproveitado a superioridade numérica, foi um digno vencido. Tentou outro resultado e, no final, teve desportivismo. Não foi uma derrota vergonhosa, foi uma derrota que acontece. Os grandes derrotados desta época foram alguns jornalistas, comentadores e órgãos de comunicação social, que tudo fizeram, que tudo vaticinaram. O Benfica perdeu, soube perder, perdeu com dignidade. Esses falsos moralistas e falsos independentes é que fizeram esgotar o Rennie no Porto", analisou o presidente dos azuis e brancos, acrescentando ainda que, na final da Taça, houve quase que uma necessidade de salvar a época dos encarnados.

"Jogámos uma hora com essa limitação, naturalmente que foi muito difícil, já era antes, todas as armas estavam apontadas contra nós. Havia um sentimento de salvação nacional para que o Benfica ganhasse alguma coisa. Mesmo com dez a nossa equipa mostrou-se irresistível. Tanto fez que o jogo fosse em Lisboa, Porto ou Coimbra, fosse com 10 ou com 11 jogadores, com coronavírus ou sem coronavírus. Em todas as circunstâncias vencemos categoricamente. Todos os analistas isentos consideraram as vitórias justas", atirou Pinto da Costa.

Por José Miguel Machado
35
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0