Pinto da Costa critica o Governo por ignorar "quase todos os clubes menos um"

Presidente do FC Porto revela quanto é que os dragões pagaram de impostos no ano passado

Pinto da Costa marcou presença esta sexta-feira no 15.º aniversário da Casa do FC Porto das Caldas da Rainha. O presidente dos dragões deixou duras críticas ao Governo português, dizendo que este ignora "quase todos os clubes menos um". O dirigente dos azuis e brancos disse ainda quanto é que o clube pagou de impostos no último ano.

"Os Governos, e em especial este, ignoram quase todos os clubes menos um. O FC Porto pagou no ano de passado de impostos, diretos e indiretos, 42 milhões de euros. E se o Governo não tem o respeito pelo que o FC Porto faz, não tendo sequer endereçado os parabéns através de qualquer membro nos seus 125 anos, podia ao menos o Ministro das Finanças ter-nos felicitado por sermos um bom cliente. É por essa diferença de tratamento que eu nunca deixo de estar num município quando tenho essa oportunidade também para mostrar o apreço e o valor que dou ao que é servir os cidadãos e servir a sua terra. Como tenho um grande amor à cidade do Porto, também aprecio muito aqueles que amam a sua terra. E quem não amar a sua terra, de certeza que nunca será presidente da câmara", disse.

"Uma palavra para os portistas. Nós estamos num bom momento, mas independentemente de estarmos num bom ou mau momento, nós temos que ter sempre um caminho a seguir. E o caminho a seguir nas nossas delegações e nos nossos núcleos é fomentar união. É fomentar os encontros dos jovens e crianças para que encontrem no nosso clube um rumo a seguir nos princípios éticos da vida", referiu, agradecendo depois ao presidente da Casa do FC Porto das Caldas da Rainha pela receção.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.