Pinto da Costa e a arbitragem do Benfica-V. Setúbal: «Vi pelo menos quatro penáltis»

Presidente do FC Porto ironiza quanto às defesas de Bruno Varela

• Foto: José Moreira

Depois de ter visto o seu FC Porto conseguir o apuramento para a fase de grupos da Liga dos Campeões, com uma vitóriar por 3-0 em casa da Roma, Pinto da Costa foi instado a comentar as queixas do Benfica em relação à arbitragem do jogo com o V. Setúbal e, bem ao seu estilo, respondeu com ironia.

"Vi pelo menos quatro penáltis, porque o Varela agarrou a bola com a mão na área por quatro vezes. Aí dou-lhes razão. A arbitragem vai ser sempre discutida quando o Benfica não ganha, mesmo que não haja razão concreta. Tenho a certeza que, quando o Benfica não ganhar, será contestada, toda a gente já percebeu isso", considerou, recusando-se depois a dizer se considera que a arbitragem em Portugal melhorou.

"Não posso dizer se está melhor ou não, porque não vi os dois jogos. O Benfica-V. Setúbal não vi, porque não tenho Benfica TV. Não tenho possibilidade de lhe dizer se está melhor ou não. Em relação ao FC Porto, em Vila do Conde houve uma arbitragem excelente", frisou.

Nomeação de Tiago Martins sem grandes comentários

A finalizar, Pinto da Costa foi questionado sobre a nomeação de Tiago Martins para o clássico de domingo, diante do Sporting. "Foi nomeado? À terça-feira? Bem, se foi nomeado é porque o Conselho de Arbitragem entende que estará à altura da importância do jogo. Desejo que faça bem o seu trabalho, assim como quero que os jogadores do FC Porto o façam. Mas se os do FC Porto puderem fazê-lo mal, não fico chateado", concluiu.

Por Fábio Lima
38
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.