Pinto da Costa escreveu carta aos sócios com mais de 70 anos: «Venceremos»

Presidente dos dragões tranquilizou os adeptos e enviou força para esta luta

O Mundo está parado, o futebol também, mas isso não significa que o FC Porto tenha esquecido os adeptos nesta fase conturbada. Antes pelo contrário.

O emblema azul e branco publicou, esta segunda-feira, mais uma Revista 'Dragões', por via digital, mas esta edição veio com um dado curioso, que demonstra que a massa associativa continua no pensamento dos responsáveis do clube, principalmente aquela franja de adeptos que faz parte do grupo de risco: os sócios com mais de 70 anos.

Foi a esses que os dragões fizeram chegar uma revista física, juntamente com um cachecol do FC Porto e uma carta escrita à mão por Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, num gesto simbólico de apelo à união.

Eis a carta de Pinto da Costa:

"Caro amigo e consócio
Neste período delicado que vivemos, venho dirigir-lhe algumas palavras de solidariedade e encorajamento, nesta luta contra a Covid-19.
No vocabulário de um Dragão, há quatro palavras base e orientadoras da nossa ação.
Rigor, competência, ambição e paixão.
Neste caso, rigor no cumprimento das indicações dos procedimentos definidos pelo Governo e entidades sanitárias.
Competência em todas as nossas decisões para o nosso bem e da comunidade.
Ambição em vencermos esta luta sem tréguas, onde não pode haver desânimos nem fraquezas.
Paixão pela vida! Pela nossa e sobretudo pela dos nossos familiares e amigos.
Se formos fiéis a essas quatro palavras, em breve nos juntaremos no nosso Dragão para convivermos, para festejar as nossas vitórias e sobretudo para vivermos!
Força Dragão
Abraço muito forte do vosso amigo
Jorge Nuno Pinto da Costa

Uma mensagem a que o presidente dos dragões deu depois eco na já habitual "Página do Presidente, através de um texto intitulado "Venceremos".

"Este mês vivemos os tempos mais difíceis da nossa existência coletiva. Portugal, mesmo no século XX, já passou por guerras e epidemias, já enfrentou graves crises políticas, económias e financeiras, já viu muitas vidas perdidas ou destruídas pelos motivos mais triste, mas o que se passa neste princípio de 2020 é diferente", começou por escrever.

"Pela primeira vez, vimos como uma doença altamente contagiosa pode, em poucos dias, atravessar o Mundo e colocar todas as populações em risco", acrescentou.

"Momentos como este exigem união, solidariedade e responsabilidade. Só os laços que nos unem como comunidade poderão ajudar-nos a ultrapassar esta fase", referiu, deixando ainda elogios a Salvador Malheiro, Rui Moreira e Rui Santos, autarcas de Ovar, Porto e Vila Real, pelo trabalho efetuado até então.

Por Pedro Morais
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0