Pinto da Costa: «Pedimos 2 milhões ao Novo Banco para facilitar pagamento de ordenados»

Presidente do FC Porto diz que acabou por "resolver o problema" num banco alemão

• Foto: Peter Spark / Movephoto

Pinto da Costa revelou, numa entrevista ao 'Jornal de Notícias', que o FC Porto tentou um empréstimo de dois milhões de euros junto do Novo Banco para pagamento de ordenados na sequência dos danos causados pela pandemia de Covid-19, mas que acabou por fechar o negócio com um banco alemão.

"No ano passado, o FC Porto pagou 47 milhões de euros de impostos. Grande parte dessa verba estará incluída nos 850 M€ que todos os portugueses deram para viabilizar o Novo Banco. Mesmo assim, fizemos a esse banco um pedido de financiamento de dois milhões de euros, para facilitar o pagamento de ordenados, desde abril, com garantias dadas pela FPF pelo dinheiro que temos a receber das provas da UEFA, mas o Novo Banco recusou. Acabámos por resolver esse problema num banco alemão", referiu o presidente portista.

84
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0