«Prendam-nos a todos» vale processo disciplinar a Fernando Madureira

Conselho de Disciplina abre processo ao líder dos Super Dragões por comentário sobre exibição de Bruno Esteves e Carlos Xistra no Portimonense-Benfica

• Foto: José Reis/Movephoto

O Conselho de Disciplina da FPF abriu um processo disciplinar a Fernando Madureira pelo comentário do líder dos Super Dragões no Instagram relativo à exibição de Carlos Xistra e Bruno Esteves no Portimonense-Benfica. Em reação ao lance em que os algarvios ficaram a pedir penálti de Taarabt - não sancionado pelo árbitro -, 'Macaco' afirmou "prendam-nos a todos!!!"

De acordo com o comunicado no site da FPF, "o processo encontra-se em fase de inquérito, mantendo-se em segredo até ao fim desta fase."

Portimonense reclamou penálti de Taarabt neste lance
Recorde-se que também o FC Porto foi alvo de um processo disciplinar por parte do CD da FPF, com base na participação feita pela Comissão de Arbitragem após as critícas na newsletter do clube, Dragões Diário, ao VAR desse encontro. O processo seguiu para a Comissão de Instrutores da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

"Como é que o videoárbitro Bruno Esteves não viu uma mão de Taarabt na área em Portimão? Pior: como é que Bruno Esteves, que deixou de ser árbitro de campo por ser incompetente, que é um videoárbitro incompetente, que tem o passado que tem e que tem as ligações ao Benfica que tem, pode continuar a participar em jogos do clube de Vieira? Ou será que o que toda a gente vê como incompetência, sobretudo nos jogos do Benfica, é afinal 'competência' e o motivo para continuar a fazer o que faz?", questionaram os azuis e brancos na sua newsletter depois dessa partida no Algarve.

Ver esta publicação no Instagram

Xistra/Bruno Esteves

Uma publicação partilhada por FcPorto•SuperDragoes•Porto (@macacolidersd) a

22
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0