«Quando o FC Porto ficou a jogar com dez, o Benfica já deveria estar só com nove em campo»

Dragões apontam críticas à equipa de arbitragem que dirigiu o clássico

O FC Porto faz este sábado o rescaldo do clássico (1-1) na newsletter diária apontando críticas ao trabalho da equipa de arbitragem.  

'O jogo foi "difícil" para o FC Porto, o Benfica e os árbitros, comentou no final Sérgio Conceição, e a verdade é que o desfecho foi muito condicionado pelo desacerto disciplinar da equipa de arbitragem. Quando o FC Porto ficou a jogar com dez, o Benfica já deveria estar só com nove em campo: Pizzi e Nuno Tavares conseguiram escapar a vários cartões amarelos que lhes valeriam expulsão por acumulação, mas só viram um cada um', pode ler-se no Dragões Diário.

No final do jogo com o Benfica, Pepe já tinha reclamado do facto de Pizzi não ter sido expulso: "Tentamos ser fiéis às nossas ideias, onde quer que seja, seja contra quem for. Intuito de vencer respeitando o adversário. Queríamos vencer, mas não foi possível. Deixar uma nota inaceitável, que foi o Pizzi acabar o jogo. Da mesma maneira que o Taremi foi bem expulso, o Pizzi também devia ter sido, mas essa é uma questão que já não diz respeito aos jogadores, pelo tentámos fazer o nosso jogo. Defender 11, com 10, e atacar. Foi uma entrega total".

143
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.