Sérgio Conceição: «Ambiente difícil? Sinto-me como peixe na água»

Treinador do FC Porto desvalorizou eventuais problemas provocados pelos adeptos turcos

• Foto: Reuters

À semelhança do que aconteceu na temporada transata, aquando da visita ao reduto do Besiktas, o FC Porto vai encontrar um ambiente difícil em casa do Galatasaray, esta terça-feira. Ainda assim, Sérgio Conceição não está preocupado com esse fator, uma vez que, segundo o próprio, se sente "como peixe na água" neste tipo de condições.

"O Galatasaray fez um jogo muito competente contra nós na primeira volta, talvez o mais difícil que tivemos, e são essas as dificuldades que esperamos amanhã. Perante um ambiente difícil, com muita emoção e paixão dos adeptos, sinto-me como um peixe na água, no sentido de gostar de estar num ambiente quente. E se me insultarem eu não vou entender", atirou, bem-disposto, referindo, de seguida, que o FC Porto chega à derradeira jornada da fase de grupos já com o primeiro lugar garantido por ter sido a "equipa mais forte".

"O grupo era equilibrado. As quatro equipas podiam ficar em primeiro e qualquer uma delas em último. Nós fizemos uma fase de grupos boa. O grupo era extremamente equilibrado e às vezes o jogos decidem-se no pormenor. Estivemos em todos os parâmetros mais fortes", frisou.

A partida desta terça-feira será de importância extrema para os turcos, que podem ficar de fora das competições europeias por força de uma conjugação de resultados desfavorável. Por essa razão, Sérgio Conceição assumiu que espera um adversário que fará tudo para vencer.

"É um jogo onde o Galatasaray vai ter que entrar para ganhar. Não têm de ficar depdendente do resultado do outro jogo. O Galatasaray que jogou contra nós não é o mesmo dos últimos jogos, por força de algumas lesões e ausências que houve ultimamente. Mudou um bocadinho o que é a sua estrutura. Não sei se amanhã poderá voltar ao habitual ou à forma com que iniciou a Liga dos Campeões. A qualidade individual e colectiva está lá. Esta é uma equipa que sabe pisar e ditar o que são os tais tempos de jogo, sabe perceber o que o jogo necessita e, como eu já disse, talvez tenha sido a equipa que nos criou mais dificuldades. Perante isso, esperamos um jogo difícil, num ambiente difícil, no qual os adeptos vão dar muita força. Temos de perceber o que temos de fazer para ultrapassar essas dificuldades. Temos de ser competitivos e fazer um bom jogo para ganhar", concluiu.

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.