Sérgio Conceição: «Concentração nestes jogos de titulos é fundamental»

Técnico dos dragões antevê duelo com o Benfica

• Foto: José Gageiro / Movephoto

De olho na disputa do primeiro título da época, Sérgio Conceição garante uma equipa do FC Porto de olhos postos na conquista da Supertaça Cândido de Oliveira. Sem 'prometer' as entradas de início dos jogos que estão em dúvida, o técnico dos dragões falou ainda das diferenças que vê neste Benfica em comparação com aquele que viu na época passada e ao qual venceu.

"É diferente. O Benfica ganhou títulos com Jesus. O Jesus tem o seu impacto no futebol nacional e também internacional. É um Benfica diferente, como todos os jogos são diferentes. Estivemos muito bem com este rival na época passada e que assim seja neste jogo, até porque vai decidir um título", explicou, em declarações à RTP.

Questionado sobre as fragilidades na defesa das águias, Conceicação deixou claro que todas as equipas as têm. "Todas as equipas têm fragilidades e pontos fortes. As grandíssimas têm menos do que as outras, mas também têm. É dentro disso que trabalhamos o jogo, dentro das fragilidades que o adversário normalmente apresenta. Mas cada jogo tem a sua vida e história. Às vezes preparamos um jogo de uma determinada forma, a pensar que cometem menos erros... Faz parte do jogo, há alguma inspiração que faz a diferença neste tipo de duelos e a concentração nestes jogos de titulos é fundamental", explicou.

Em relação aos jogadores em dúvida, o técnico portista assume que os quer em campo, mas não pode garantir que recuperem a tempo. "Vamos ver. Não sei se os teremos ou não, porque o jogo foi ontem, não há muito tempo de recuperação. Vamos ver se estão a 100%, se estiverem obviamente que gosto de ter todos disponíveis para estes jogos, principalmente para este tipo de duelos. É importante ter todos disponíveis".

Por outro lado, Conceicação não abriu o jogo quanto à possibilidade de apresentar um esquema com três defesas centrais. "São situações de estratégia, que definimos. Mesmo com uma linha de quatro às vezes são mas importantes outros setores, nomeadamente o intermédio. E aí mudámos muito nas provas internas, apresentando várias nuances de jogo para jogo, tendo sempre como base os princípios da equipa. Estamos atentos a isso, mas também ao adversário e à sua força. É um jogo que temos pouco tempo para trabalhar, aqui as equipas conhecem-se bem mesmo não tendo tanto tempo de campo. Há observações e o que nos resta é definir a melhor estratégia e os jogadores para a interpretar".

Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.