Sérgio Conceição e o mérito pelo título: «É injusto dá-lo a uma pessoa só e não o quero»

Treinador do FC Porto recusa ser visto como o responsável pela conquista

• Foto: José Gageiro/Movephoto

Sérgio Conceição rejeita ser visto como o principal obreiro do título do FC Porto e distribui os louros dessa conquista por todas as pessoas que integram a estrutura do clube, começando no tratador da relva a acabando no presidente. 

"Não gosto desse tipo de elogios. E digo isto sem qualquer hipocrisia nem demagogia. Há tanta gente que foi importante. O treinador está sempre na berlinda, como sabem, mas o presidente é e tem sido a pessoa mais importante deste clube ao longo dos últimos anos. Eu sou apenas um trabalhador, como tantos outros. Tenho mais responsabilidade, sou mais mediático, é verdade. Mas há tanta gente que teve um peso tão grande nesta conquista. Desde o tratador da relva, aos roupeiros, ao  departamento médico ou ao departamento de comunicação. É injusto dar esse mérito a uma pessoa só e eu não o quero", afirmou o técnico do FC Porto na antevisão à visita ao Sp. Braga, em duelo da 34.ª e última jornada da Liga NOS agendada para as 21h15 de terça-feira. 

Por Record
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.