Sérgio Conceição: «Jogar para nada não tem muito a ver comigo»

Pressão por manter a liderança e ganhar as "trinta e tal finais" da Liga, Taça e Europa

• Foto: EPA

Na liderança do campeonato com os mesmos 33 pontos que o Sporting, o FC Porto vai ao Bonfim no domingo defrontar um V. Setúbal "difícil".

"É um adversário difícil como são todos na Liga. Nestes momentos difíceis, as equipas tentam superar-se e inverter um ciclo menos bom. O Vitória tem um plantel com jogadores jovens de qualidade, um treinador com muita experiência e que consegue dar oportunidade a jovens e potenciá-los, com discurso muito coerente. Há que conseguir ultrapassar este obstáculo e conseguir os 3 pontos", afirmou Sérgio Conceição este sábado em conferência de imprensa de antevisão ao encontro da 14.ª jornada.

E prosseguiu, abordando a pressão em manter a liderança. "Íamos à frente e tínhamos a pressão de aumentar a vantagem para o segundo classificado. Neste momento, estamos em igualdade pontual com o Sporting e mais três pontos que o Benfica, e a pressão é exatamente a mesma. Faz parte da rotina, daquilo que é o nosso trabalho. Lido bem com a pressão, gosto da pressão e de jogar finais. Temos 30 e tal finais no campeonato, mais a Liga dos Campeões, Taça de Portugal... Jogar para nada não tem muito a ver comigo. Na minha opinião, a pressão é sempre boa".

Sobre os destinos diferentes das equipas portuguesas na Champions - o FC Porto seguiu para os 'oitavos', o Sporting para a Liga Europa e o Benfica foi eliminado -, Sérgio Conceição sublinhou que é sempre "melhor estar do que não estar", preferindo não valorizar a alegada vantagem no campeonato para quem saiu.

"Acho que os três grandes estão habituados a estar presente neste tipo de competições. Acho que é sempre melhor estar do que não estar. Passando de uma situação negativa na Liga dos Campeões, como é o caso de um dos nossos rivais, e focar-se só no principal objetivo que é o campeonato poderá ser uma vantagem. Todas as equipas gostavam de sentir este cansaço, era sinal que estavam em todas as frentes, em todas as competições. São muitos jogos, o nosso plantel não é muito extenso mas temos de gerir isso de forma criativa e inteligente", concluiu.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.