Sérgio Conceição: «Não sou hipócrita para dizer que está tudo bem e feliz»

Técnico antevê meia-final da Taça da Liga com otimismo, mas reconhece que "é sempre melhor trabalhar sobre vitórias"

• Foto: José Reis/Movephoto

Depois da derrota com o Sp. Braga, para o campeonato, Sérgio Conceição garante que o FC Porto já está focadíssimo na meia-final da Taça da Liga, que disputa amanhã, às 19h45, diante do V. Guimarães. Sem poder contar com Pepe, Nakajima e Zé Luís (todos lesionados), o técnico falou da importância da prova, do título que quer conquistar e da contestação.

V. Guimarães
"Será um jogo diferente do que realizámos frente ao Vitória para o campeonato; esse ficou marcado pela expulsão do central no início e teve uma história diferente. Querermos levar o jogo para onde achamos que nos sentimos mais confortáveis, cada jogo vai dando momentos diferentes e temos de estar preparados. Queremos ganhar para estarmos na final. Mas trata-se de um adversário difícil, vamos ter de ser uma equipa forte."

Trabalho com o plantel depois da contestação
"Estamos focados jogo que temos pela frente. Nesta semana de Taça da Liga estamos com o pensamento única e exclusivamente no nosso trabalho."

Taça da Liga é importante para manter a equipa moralizada?
"Os próximos jogos definem um título e vamos lutar por essa conquista. Logo a seguir volta o campeonato, vamos lutar pelos três pontos, para lutar pelo campeonato e assim sucessivamente. É normal."

Como está a equipa animicamente
"É sempre melhor trabalhar sobre vitórias, sem dúvida, não sou hipócrita para dizer que está tudo bem e feliz. Mas isso faz parte da vida e do que é o futebol. Foi um jogo ingrato para nós, dissecámos o que se passou, vimos o comportamento da equipa, depois é fechar a cortina e olhar para o próximo encontro, que é este."

FC Porto nunca ganhou a Taça da Liga
"Estou aqui há dois e meio, ainda não perdi um jogo para a Taça da Liga. Eu e o FC Porto damos importânicia  à Taça da Liga, o que está para trás não me diz respeito. Dei sempre importância à conquista de uma taça, nos últimos dois anos sabemos como a perdemos, um nas meias-finais e outro na final; ficámos com um sabor amargo e quero obviamente conquistar este título. Existem prioridades, claro, mas este não deixa de ser um título."

Críticas dizem que frente ao Sp. Braga o FC Porto pecou no meio-campo
"Não podemos olhar só para um determinado sector. Tem de ser uma discussão mais abrangente, em que se perceba o porquê da prestação menos conseguida desses elementos, não tem a ver só com eles. Analisámos tudo, trabalhámos em cima de alguns erros que cometemos para nos podermos preparar da melhor forma para este jogo contra o Vitória. O Sp. Braga criou duas situações de perigo, duas situações de canto e fez dois golos. Isso fez com que dissessem que foi uma exibição fantástica do Sp Braga e menos conseguida da nossa parte. É mentira!"

Marcação de penáltis
"É um problema como são os cantos, os livres laterias, frontais... São tudo momentos do jogo que trabalhamos. Faz parte da preparação." 


4
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Para virar a página

Sporting e FC Porto podem fazer história se passarem aos ‘oitavos’ da Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.