Sérgio Conceição: «O mercado fica à porta do Olival»

Técnico lamenta que ainda não tenha fechado o período de transferências

• Foto: Nuno André Ferreira 

Depois de falar no Gil Vicente, de Iker Casillas, nos elogios de Bruno Lage e de Pinto da Costa, Sérgio Conceição passou também um olhar no mercado de transferências, deixando claro que essas questões ficam à porta do Olival. De resto, na antevisão ao duelo com os minhotos, o técnico não quis entrar em análises individuais quanto a Romário Baró ou Moussa Marega, optando por focar a atenção na equipa.

"Costumo dizer que o mercado fica à porta do Olival. Infelizmente aqui ainda não fechou. O que tenho a dizer é sobre o grupo. Os jogadores estão completamente comprometidos com aquilo que é o trabalho diário, aquilo que é a nossa exigência, num clube onde lutam para ganhar títulos. O grupo está todo disponível para dar o seu contributo amanhã. Menos o Loum, que está lesionado. O resto está tudo disponível e com vontade de jogar... O que me deixa muito satisfeito, porque cria uma competitividade muito grande", começou por dizer.

Ainda sobre as opções disponíveis, o técnico portista considerou que a entrada imediata de Marchesín se deveu a uma situação diferente da de Uribe, que terá uma entrada gradual na equipa. "É diferente. Estivemos na Rússia e ele não trabalhou porque ficou cá. O Matheus fez só um treino, não quer dizer que não esteja pronto, mas ser utilizado ainda vamos ver. É um processo diferente, exatamente por isso, porque o Marchesín teve mais treino, conheceu a equipa e, sinceramente, naquilo que é futebol é muito mais fácil dar a titularidade a um jogador que está entre os postes do que um que está no meio-campo. É mais difícil para um do meio campo, especialmente pela forma como jogamos, é importante ter conhecimento.", explicou.
Romário Baró

"Gostei da exibição da equipa. Existem coisas que podemos e devemos melhorar, os momentos de jogo, por exemplo... Não gosto de individualizar. Os jogadores jogam pela sua qualidade e pelo que demonstram. Estar a falar de um ou de outro, não gosto e não fica bem. Devo dizer que foi um resultado importante e que agora olhar para o que foi feito, para melhorar e ver o que temos a fazer para amanhã"

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.