Sérgio Conceição: «Passeámos as camisolas do FC Porto por Braga...»

Treinador "desiludido" com a equipa diz que queria substituir oito ao intervalo

Sérgio Conceição arrasador na flash: «Se pudesse tirava sete ou oito ao intervalo»

Sérgio Conceição ficou muito desagradado com a prestação do FC Porto em Braga, pese o facto de os dragões terem empatado (1-1) e conseguido o apuramento para a final da Taça de Portugal.

"O ano passado fomos superiores ao Sporting nas meias-finais mas tivemos infelicidade. Estamos este ano na final. No cômputo geral fomos superiores ao Sp. Braga mas hoje não fomos a equipa que costumamos ser. Pouco agressivos, alguma passividade... passeámos as camisolas do FC Porto por Braga e não gostei", atirou o técnico dos dragões.

O resumo do Sp. Braga-FC Porto (1-1)
"Poucos duelos ganhos, primeira bola, segunda bola a ser perdida na zona central, e tinha de mexer. Se pudesse tirava sete ou oito ao intervalo. Não em termos táticos mas o principal era a mentalidade ser outra. Compreendo, fui jogador e quando se está a ganhar 3-0 e há mudanças na equipa é normal acontecer isto, embora não deva. O onze que começou devia ter feito mais e estou desiludido. Tem a ver com mentalidade, não estratégia. Quem está no FC Porto tem de perceber que tem de ter mentalidade forte. Fiquei desiludido", confessou Conceição à Sport TV.

Explicando que Brahimi ficou no banco por opção, o treinador falou ainda da estreia de Loum: "senti que o Óliver não estava bem no que queria para o jogo e Loum entrou por necessidade e não para o fazer feliz ou dar-lhe um prémio. A equipa precisava de um médio com as características dele."

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas