Sérgio Conceição: «Por que o VAR não analisou o penálti? Tenho o balneário destroçado»

Técnico indignado com a arbitragem do clássico recorda lance de Luisão

Dragões pediram penálti de Luisão e Aboubakar reagiu... assim

Sérgio Conceição surgiu sem papas na língua na flash-interview da Sport TV, após o empate no clássico frente ao Benfica no Estádio do Dragão. O técnico do FC Porto considerou que a sua equipa merecia o triunfo e deixou duras críticas à arbitragem.

Análise ao encontro

"O Benfica entrou forte nos primeiros 15 minutos, mas nós também entrámos. Houve um frisson na nossa área, mas até me parece que há falta sobre o José Sá. A partir daí só houve uma equipa em campo."

Insatisfação com a arbitragem

"Quero que os protagonistas sejam os jogadores, mas não podemos aceitar semanalmente lances mal ajuizados por parte da arbitragem, incluindo o VAR. No nosso golo, que é válido, há um jogador do Benfica a por em jogo o Herrera e o Aboubakar. É completamente limpo. Até posso admitir que aí o VAR não pode intervir, mas o lance do penálti é claríssimo. Não entendo o porquê de não ir ver, de não analisar. Tenho um balneário destroçado.

Convicção no título "contra tudo e contra todos"

"Criámos várias situações, claro que se fossemos mais eficazes tudo poderia ser diferente, mas não fomos tão fortes nesse capítulo. Mas em toda a dinâmica de jogo, o FC Porto foi superior. Tenho de dar uma palavra forte ao meu balneário. Tenho a mesma convicção que tinha há uma semana, há um dia: somos fortes candidatos a ser campeões. Contra tudo e contra todos."
A carregar o vídeo ...
Conceição pede comunicação entre árbitro e VAR e diz que Benfica deveria estar a 8 pontos

Por José Miguel Machado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.