Record

Tudo o que foi dito por Conceição e Pinto da Costa na apresentação

Novo treinador do FC Porto e o presidente falaram das expectativas para a nova fase

• Foto: FC Porto
FIM DA APRESENTAÇÃO

Reforço do plantel e vendas?

Pinto da Costa: "Os dois que ele me pediu não dá, que eram o Messi e o Ronaldo. Já se convenceu que não pode ser embora lhe tenha custado a aceitar. Não estou preocupado com entradas e saídas, foi por isso que contratei o Sérgio. Com os que tivemos - queremos manter os principais jogadores - é fazer uma equipa competitiva para ganhar."

O que espera de Conceição?

Pinto da Costa: "Que traga o traz um treinador competente e paixão. Depois vitórias que todos desejamos, ele mais do que ninguém."

Marco Silva?

Pinto da Costa: "As baladadas são nos campanários e não lhes ligo nada. COmpreendo que no seu canal, onde tem coisas sobre transferências e supermercados, tem de inventar. Vejo nomes de jogadores e treinadores que até me rio. Registei com muita satisfação a preocupação que comentadores tinham pelo FC Porto não ter treinador. Quando me fala no Marco ou outros que possa ter contactado, quando o Nuno por sugestão do seu empresário, que propôs a rescindir o contrato porque ia abraçar projeto em Inglaterra, a partir daí pensei em treinadores, tinha na minha ideia três ou quatro treinadores, em que não constava o Sérgio, porque sabia que ele tinha assinado com o Nantes por três anos. Pensava que era impossível ele vir. Fiz vários contactos, até que no dia 27 de maio, almocei com Luciano D'Onofrio, amigo do FC Porto e diretor desportivo em Viena (há 30 anos), e quando lhe transmiti que gostaria de ter Conceição, ele disse-me: 'jantei com ele ontem e o Sérgio também gostava imenso de vir para o FC Porto'. 'Mas ele não consegue libertar-se'. 'Não, mas ele tem problemas de saúde na família e o sonho dele é vir para o FC Porto'. Isto passou-se no dia 27 de maio, no Restaurante Lusídias, às 14h. Às 16h30, o Conceição estava no meu gabinete e fiz-lhe a pergunta direta: Queres treinar o FC Porto? Sim! Consegues? Acho que sim. Então vai resolver o problema. No dia seguinte foi para Paris para se desvincular do Nantes. A partir daí terminaram todos os contactos que pudesse estar a fazer. A partir daí sabia que tinha treinador e que a determinação do Conceição ia resultar e que o presidente do Nantes, sensível à situação, deixá-lo-ia partir. Foi o tempo que demorou."

Quando viu que ele podia treinar o FC Porto?

Pinto da Costa: «Antes dele ir para o Nantes já tinha essa ideia, que seria técnico do FC Porto a curto prazo. Portanto, não foi agora que pensei nisso. As circunstâncias não permitiram que fosse antes. O tempo que Sérgio demorou a dizer sim, é o tempo que demora a dizer sim. Não sei se hesitou, disse que sim"

Por que escolheu Conceição?

Pinto da Costa: "Conhecendo o seu lado humano e profissional, e amor ao clube, isso foi importante. Mas fundamental foi a competência que tem demonstrado, falando com qualquer jogador ou responsáveis que lidaram com ele, puseram sempre em alto nível a sua capacidade. O trabalho fantástico no Nantes foi reconhecido por toda a gente como um grande feito. Era mais difícil o Sérgio fazer o que fez no Nantes do que o que fez o Zidane no Real. A competência foi a cereja no topo do bolo. Abraçou a tarefa com entusiasmo."

---------------------------------------------

Prioridade ao campeonato?

Conceição: "Não é uma obsessão. Ganhar a Taça? É o mínimo, mas há a vontade de conseguir o campeonato, o título principal, e chegar o mais longe possível na Champions."

Formação?

Conceição: "Formação é importante para o futuro dos clubes e dou-lhe muita atenção, pois fui formado aqui. Antigamente era mais difícil ter-se oportunidade na equipa principal. Sou um treinador atento à formação, que está associada ao conhecimento dos valores do clube. Fiz o trabalho de casa e já me informei sobre os jogadores promissores, que podem integrar a equipa principal."

Alguém que tenha receio de perder?

Conceição: "Espero não perder o presidente (risos). Vamos falar sobre o plantel de forma mais pormenorizada. Teremos uma equipa com força para lutar pelos títulos. Entendo a vossa curiosidade mas é difícil falar em nomes. Estão a ser pensados e serão falados."

Atual plantel precisa de reforços? E vendas?

Conceição: "Vou falar com presidente e direção. Depois vocês vão ver o trabalho que será feito. Com certeza vão sair jogadores mas não haverá problemas. Vamos ter um FC Porto muito competitivo no próximo ano."

O que faltou ao FC Porto na última época?

Conceição: "Temos de falar do FC Porto de hoje, que tem um treinador diferente, não que seja melhor ou pior que os outros. Temos de olhar para o futuro. Passado não interessa, foram anos tristes para mim, porque sou portista. Não me compete avaliar os outros treinadores. Benfica penta? Não vamos pensar que os outros podem fazer isto ou aquilo."

Sendo um motivador, haverá mais vontade? E o consenso em sua volta?

Conceição: "Pressão faz parte, faz-me crescer. Lido bem com ela. Mais ou menos terá a ver com os resultados. Tenho know-how de saber o que é o mundo do futebol. Balneário e motivação? Motivo tendo em conta o momento e também os jogadores, não é igual todos os anos. Estou à vontade em relação a isso. Não é fácil para os jogadores trabalharem comigo mas consegui sempre que eles crescessem."

Ideia de jogo? Que identidade terá este FC Porto?

Conceição: "Não venho para aqui aprender, venho ensinar. Sou treinador do FC Porto. Em sete anos de treinador, nos vários plantéis, tentei potenciar ao máximo os jogadores para ganhar sempre. Sabem o que foi o campeonato com o Nantes, a minha matriz era diferente da de Portugal, pois tinha outro tipo de jogadores. Aqui a matriz será diferente da que tive durante sete anos de treinador. Isto de se ganhar no grito não existe. Raça é importante mas é preciso inteligência, que os jogadores interiorizem a mensagem."

Objetivos a que se propõe?

Conceição: "Aqui o objetivo é simples: ganhar todos os jogos e competições. O que posso prometer é essa forma de trabalhar e exigência que temos. Vamos com certeza prometer aos adeptos trabalho e determinação muito grandes, para conseguir o principal objetivo, o campeonato"

-----------------------------------------------

Sérgio Conceição

"Agradeço ao senhor presidente pela confiança, agradeço também a Deus e desculpem a minha emoção por estar a falar das duas pessoas mais importantes da minha vida, os meus pais. Estarão felizes a olhar para mim com muito orgulho, pelo meu trajeto como jogador, que não tiveram oportunidade de acompanhar e agora como treinador. Com 16 anos, depois de três meses a convecer o meu pai a eu vir para os juniores do FC Porto, porque ele dizia que seria difícil para mim. Quando me deixou aqui para assinar contrato, no dia seguinte tive o dia mais triste da vida, com a perda dele. A ele e à minha mãe, dedico esta ascensão e o cumprir deste sonho. Mas é uma etapa. É conhecido o momento difícil do FC Porto mas são momentos que me fazem superar e com a minha ambição e qualidade do trabalho. Podem julgar que o FC Porto foi buscar um ex-atleta de raça e ambição, é verdade, são características associadas ao meu trabalho. É com essa qualidade que vimos aqui dar o melhor, sermos exigentes, rigorosos para no fim dar a todos os portistas e toda a massa adepta a alegria de conquistar títulos. FOi com enorme alegria e amor ao clube que vim. Estou convencido que vou conseguir em maio estar feliz, os portistas também e dar essa alegria aos meus pais, que no final da época vão ficar ainda mais felizes. Melhor forma de trabalhar será sempre com resultados"

Pinto da Costa

"É para uma missão muito fácil, porque apresentamos uma pessoa do FC Porto, que toda a gente conhece. Tive o prazer desde terna idade de conviver com Conceição, como atleta exemplar do FC Porto, e sobretudo um exemplo de dedicação e amor ao clube e camisola. Se não fosse assim, não estaria aqui. Sérgio, todos temos uma confiança absoluta no teu trabalho e sabemos que o teu coração é azul branco. Sê bem-vindo. Que seja feliz como mereces. Sei que o teu sonho era este. Não tens cadeira de sonho porque estás de pé mas tens um estádio de sonho onde sempre quiseste entrar como treinador."

17h02 - Começa a apresentação, no Museu do FC Porto!


Sérgio Conceição já foi oficializado como treinador do FC Porto para as próximas duas temporadas. Às 17 horas, o novo timoneiro dos dragões será apresentado, numa conferência que poderá seguir aqui, em direto! Ainda assim, no Twitter, Conceição já se pronunciou: "Obrigado FC Porto, um orgulho voltar a esta casa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas