Super Dragões multados por obstruir túnel

PSP notificou claque por carta

A PSP notificou vários elementos dos Super Dragões, através de carta, relativamente ao pagamento de multas individuais de 300 euros por supostamente obstruído o túnel viário de acesso ao Estádio do Dragão, no passado dia 6 de janeiro, na receção do autocarro da equipa, provocando um atraso de 11 minutos no início do jogo com o Rio Ave

"Após a surpresa e estupefação inicial, a direção dos Super Dragões vem por este meio demonstrar o seu mais veemente repúdio por esta atitude do comando metropolitano do Porto, personificada no rr. Comissário João José Afonso. Esta completa falta de bom senso é uma "machadada" muito forte nas relações de cordialidade e colaboração que até agora existiam. Estamos perante uma gritante dualidade de postura que não nos permite ficar calados ou indiferentes, pois fere de morte o mais básico pressuposto de uma sociedade civilizada: a lei ser igual para todos!", referem os Super Dragões em comunicado.

 Convém recordar que no jogo em questão, e tal como foi público, os Super Dragões manifestaram o apoio à equipa antes do início da partida, recebendo-a a cerca de 300 metros da entrada para o túnel de acesso aos balneários. De forma absolutamente pacífica e ordeira, acompanharam o autocarro nesse percurso final, não tendo existido qualquer desordem ou atrito. Ninguém foi sequer abordado ou identificado por qualquer agente presente no local, pelo que o posterior comportamento da PSP configura-se como um acto que visa unicamente a "caça à multa" e a provocação gratuita aos nossos elementos", refere-se ainda.

"Se a lei é cega e a regra do bom senso uma mera utopia, então tem que ser aplicada na sua essência e não em função da cor das camisolas ou do clube do coração. Não podemos ter para casos idênticos, e até bem mais gravosos, comportamentos e sanções absolutamente dispares. Basta analisar a lista de multas aplicadas aos clubes pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional devido ao comportamento dos adeptos, para todos perceberem que estamos bem longe das piores práticas. Mas não só!", lê também no comunicado.

"Como actuou, por exemplo, o comando metropolitano de Lisboa em relação á recente chegada da camioneta do Sporting ao estádio de Alvalade, aquando do confronto com o SLB? E em que estado estará o processo relativo aos gravíssimos incidentes ocorridos na rotunda do Marquês de Pombal e zonas adjacentes, nas comemorações no último título de campeão, onde todos assistimos a apedrejamentos, carros e montras partidas, caixotes do lixo incendiados e agentes feridos?", questionam ainda.

E concluem:

"Mas se o que pretendem é fazer dos Super Dragões um troféu de caça, desenganem-se porque não o vão conseguir. Se o que pretendem é afastar elementos do nosso grupo, tornando-o dessa forma mais frágil, podem também desenganar-se porque tal não vai suceder. O efeito que conseguem com esta atitude é tornar-nos ainda mais unidos, ainda mais fortes, ainda mais aguerridos, pois demonstram claramente o receio que têm da nossa grandeza e da nossa força."


COMUNICADO SD - JUSTIÇA ÀS CORESVários elementos dos Super Dragões foram na semana passada surpreendidos com a receção...

Publicado por Super Dragões em Segunda-feira, 21 de Março de 2016

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.