Toda a equipa comemorou com Otávio

União à volta do brasileiro após assalto sofrido

• Foto: José Reis / Movephoto

Otávio viveu dias difíceis, depois do assalto à sua casa, na noite de quinta-feira, e ontem teve uma espécie de recompensa quando marcou o golo, o primeiro desta época. Após colocar a bola no fundo da baliza de Cláudio Ramos, o brasileiro, de 24 anos, correu para festejar e aí recebeu um abraço coletivo. Todos os titulares, bem como os suplentes que estavam a aquecer na altura, ou seja, Fábio Silva, Romário Baró e Sérgio Oliveira, se uniram ao criativo para comemorar com ele.

Um tento que Otávio já procurava há muito tempo. "Temos trabalhado muito para construir golos de bola corrida. Graças a Deus fiz o golo de que andava à procura. É agradecer e continuar", referiu o brasileiro, destacando a qualidade da exibição da equipa. Uma boa atuação, mas sem ser perfeita: "Estivemos bem no jogo e conseguimos os três pontos. Agora é descansar, porque temos duas finais antes do Natal. Perfeição não, há sempre algo a melhorar. Foi um grande jogo, dominámos, conseguimos três bons golos. Tínhamos a intenção de entrar forte, conquistar os três pontos e dar continuidade ao bom trabalho."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.