António Araújo: «Só quando atingirmos o pico epidemiológico será possível prever um regresso à competição»

Diretor clínico do Gil Vicente explicou como tem sido feito o acompanhamento dos jogadores

Com as competições suspensas, a Liga Portugal tem aproveitado para falar com responsáveis técnicos de vários clubes acerca deste período de isolamento social. António Araújo, diretor clínico do Gil Vicente, falou sobre a evolução da pandemia e descreveu o trabalho que os jogadores do plantel têm vindo a fazer a partir de casa.

"Nós olhamos para esta situação com alguma seriedade e com algum grau de alerta, mas, sobretudo, sem alarmismos, até porque nesta fase é fundamental apostar na consciencialização da sociedade civil. No nosso caso em concreto a tarefa cinge-se aos nossos jogadores, funcionários do clube e respetivas famílias. Nesse sentido adotámos todas as medidas de prevenção", começou por afirmar o responsável clínico da formação de Barcelos.

Assumindo que ainda é prematuro tentar prever a evolução da pandemia, António Araújo abordou ainda o tema do regresso à competição: "Estamos numa fase de crescimento e aquilo que tem sido defendido pelos diferentes médicos, que integram a Comissão Permanente da Liga Portugal, é que apenas quando atingirmos o pico epidemiológico será possível prever um regresso à competição".

O diretor clínico do conjunto barcelense continuou explicando como foi programado o trabalho dos atletas a partir de casa. "Ficou definido, em conjunto, entre Departamento Médico, Equipa Técnica e Departamento de Performance, um plano de treinos que é seguro de dentro das limitações atuais impostas pelo Governo, mas que permite manter a forma física e psicológica dos nossos atletas. Temos alguns atletas que, derivado de fatores de risco e antecedentes de lesão, têm algumas especificidades no treino atribuído, mas todos estão a cumprir à regra o estipulado, sendo monitorizados diariamente por videoconferência", assumiu.

António Araújo concluiu assumindo que trabalhar nestas condições tem sido "difícil" para todo o staff e revelando que os jogadores são questionados frequentemente acerca de possíveis sintomas.

Por Diogo Matos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Gil Vicente

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0