Francisco Dias da Silva: «O Gil Vicente não podia cair num vazio diretivo»

Empresário foi reeleito para a presidência do clube minhoto

• Foto: José Reis/Movephoto

Num sufrágio que contou com a votação de 119 sócios, Francisco Dias da Silva foi reeleito presidente do Gil Vicente para o triénio 2020-2023. O empresário venceu as eleições com 96% dos votos, tendo 1304 votos a favor (houve ainda 33 nulos e 20 em branco).

No discurso de tomada de posse, depois agradecer o trabalho desenvolvido pelos elementos da Mesa da Assembleia Geral e da Direção que deixaram o projeto, Francisco Dias da Silva abordou o impacto que a pandemia teve para a equipa. "O clube estava bem até à paragem, agora estamos menos bem. Fomos um pouco prejudicados com a situação, mas agora espero que esta época, que ainda não está resolvida, termine rapidamente", começou por afirmar.

Dando ênfase ao facto de os adeptos continuarem a pagar as quotas e pagarem já a cadeira anual do próximo ano mesmo que, neste momento, não possam assistir aos jogos, o presidente do Gil Vicente voltou a vincar aquele que é o seu objetivo em termos de sócios. "O clube precisava de apoio e os adeptos foram incansáveis, facilmente atingimos os seis mil sócios. O objetivo é, em dois ou três anos, chegarmos aos dez mil sócios. Pelo desenvolvimento que estávamos a ter, penso que não seria difícil, mas esta crise veio atrasar um pouco as coisas".

Francisco Dias da Silva concluiu apontando a principal razão que o fez recandidatar-se e abordando o caso ‘Mateus’. "Percebi que não havia muito a fazer a não ser dar continuidade ao trabalho, o Gil Vicente não podia cair em vazios directivos. Temos plena consciência do que temos para fazer. Caso Mateus? Não em sido possível fazer acordo com a FPF, continuamos à espera do tribunal e estamos a trabalhar no caso. O advogado está a acompanhar o processo", rematou.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Gil Vicente

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0