Pedro Proença destaca "grande imagem de fair-play e profissionalismo" de Dito

Antigo internacional português era atualmente diretor-geral do Gil Vicente

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença, lamentou esta quinta-feira a morte do ex-internacional Dito, que era diretor-geral do Gil Vicente e aportava uma "grande imagem de fair-play e profissionalismo".

"Foi com profundo pesar que soube da partida prematura do Dito, um ex-jogador e dirigente que nos deixa uma grande imagem de fair-play e profissionalismo. O Dito era também um excelente ser humano, que se pautou sempre por valores éticos de enorme respeito", frisou o dirigente, numa nota publicada no sítio oficial da LPFP na Internet.

Pedro Proença enviou "o mais profundo abraço" à família, aos amigos e ao Gil Vicente pela perda de Dito, antigo treinador e ex-jogador de "simpatia e alegria absolutamente contagiantes", que morreu hoje aos 58 anos, confirmou à agência Lusa fonte do clube da Liga, numa "partida inesperada", que deixa o futebol "muito mais pobre".

O dirigente sentiu-se mal quando viajava de automóvel para o estágio que os minhotos estão a realizar até sábado em Melgaço, no distrito de Viana do Castelo, tendo sido assistido pelos médicos da formação de Barcelos no local e transportado mais tarde para o hospital de Monção, sem que os esforços surtissem efeito.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Gil Vicente

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.