Treinador Rui Almeida diz que o Gil Vicente "está disponível" para defrontar o Sporting

Jogo já foi adiado devido aos casos de covid-19 que proliferam nos plantéis das duas equipas

• Foto: Luís Vieira

O treinador Rui Almeida, um dos 19 elementos infetados com o novo coronavírus no Gil Vicente, disse esta sexta-feira que a equipa da Liga NOS está disponível para enfrentar o Sporting, apesar do adiamento do jogo.

Em declarações à Rádio Renascença, o técnico, de 50 anos, frisou que o plantel gilista, em quarentena, face às ordens das autoridades de saúde, está disponível para competir no imediato, apesar da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS Norte) ter comunicado, na quinta-feira, que não estavam reunidas as "condições necessárias" para a realização do duelo agendado para as 18:30 de sábado, em Lisboa.

"Neste momento, é importante estar sempre disponível para ir a jogo. O Gil Vicente está disponível para ir a jogo, mesmo com as limitações que, neste momento, existem em termos numéricos. Aguardamos só as decisões das direções regional, local e nacional [de saúde] em relação à situação. Para já, o jogo está cancelado. Hoje, alguns jogadores realizaram testes", adiantou à rádio.

Rui Almeida disse ainda estar "pessoalmente bem" e "assintomático", à semelhança dos outros casos de covid-19, numa altura em que o plantel está a tentar preparar o jogo como "numa semana de trabalho normal", com os jogadores a treinarem nas suas casas, através de uma plataforma eletrónica.

De regresso a Portugal nesta época, após cinco anos a treinar em França, quer na I Liga, ao serviço do Bastia, quer na II Liga, no Red Star, no Troyes e no Caen, o 'timoneiro' gilista considerou "importante" conhecerem-se as regras que decidam "quando um clube tem ou não condições para estar presente num jogo".

O jogo entre Sporting e Gil Vicente, agendado para as 18:30 de sábado, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, é o primeiro do principal campeonato português a ser adiado devido à pandemia de covid-19, depois de os embates da II Liga, entre Feirense e Desportivo de Chaves, na passada sexta-feira, e entre Académico de Viseu e Académica, no último sábado, terem sido adiados pela mesma razão.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 946.727 mortos e mais de 30,2 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.888 pessoas dos 66.396 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Gil Vicente

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.