Vítor Oliveira e o jogo frente ao Sp. Braga: «Queremos fazer valer o fator casa»

Treinador do Gil Vicente alerta para o valor dos arsenalistas

Vítor Oliveira acredita que o Gil Vicente poderá fazer valer o fator casa para conseguir um bom resultado, amanhã, frente ao Sp. Braga. O técnico dos gilistas admite que os seus jogadores perderam no terreno do Moreirense por terem entrado "um bocadinnho em bicos de pés", devido à vitória diante do FC Porto, mas assume que os erros foram debatidos em grupo.

Aqui ficam os temas abordados por Vítor Oliveira na conferência de hoje:

Expectativas para o jogo frente ao Sp. Braga

"É um jogo com um grau de dificuldade elevadíssimo, pessoalmente acho que este é o melhor Sp. Braga dos últimos anos, tem o plantel mais equilibrado dos últimos anos, um Sp. Braga fortíssimo, como está a demonstrar neste início de época e nos jogos europeus, mas em nossa casa queremos ter uma palavra a dizer. Sabemos que o Sp. Braga tem outro potencial que o Gil Vicente não tem, o Gil Vicente ainda está numa fase de crescimento, muito longe do crescimento que queremos para a equipa, mas queremos fazer valer o fator casa, mostrar a nossa qualidade, porque é verdade que a temos, já a mostrámos e vamos continuar a mostrar ao longo do campeonato e estes jogos são motivo de inspiração, um forte indicador para os jogadores aquilatarem do seu valor neste momento. Confio nos meus jogadores e vamos fazer um bom jogo"

Reflexão com os jogadores sobre os erros cometidos em Moreira de Cónegos

"Fizemos a reflexão, os jogadores mostraram que tinham consciência dos erros que cometeram, fizemos uma meia hora muito frágil, entrámos em bicos de pés, entrámos convencidos de que éramos muito mais do que aquilo que somos, e quando assim é normalmente dá barraca e foi isso que aconteceu. Dar uma vantagem de dois golos a uma equipa do nível do Gil Vicente é extremamente perigoso, principalmente em casa do adversário. Refletimos e penso que não vamos voltar a cometer esses erros, vamos voltar à normalidade. É preciso ver que Roma e Pavia não se fizeram num dia, ainda precisamos de muito trabalho, estou convencido de que podemos fazer uma oposição forte ao Sp. Braga, embora saibamos de todo o potencial que o Sp. Braga tem. Parece um plantel equilibrado, como tal não vamos tirar qualquer benefício do facto de o Sp. Braga estar nas competições europeias em termos de desgaste, porque o seu treinador, que é um homem experiente, sabe que pode alterar algumas pedras sem alterar a qualidade da equipa. Nós sabemos disso e estamos à espera de um Sp. Braga muito forte"

Como se explica a diferença entre os jogos frente ao FC Porto e ao Moreirense

"Primeiro o desconhecimento. Para os jogadores do Gil Vicente, o FC Porto é uma equipa conhecida a nível mundial, equipa que toda a gente conhece, um forte opositor, um adversário que nos engrandece defrontar. Aquela vitória colocou-nos um bocadinho em bicos de pés, não obstante os avisos que fizemos. O Moreirense não é tão significativo em temos de imagem para todos estes jogadores, o Moreirense seria uma equipa perfeitamente ao alcance. Apesar das recomendações que fizemos durante a semana, a mensagem não passou, precisámos de levar dois golos para reagir e a partir dos 35 minutos até ao final estivemos quase sempre por cima, estivemos próximo do golo que poderia alterar o jogo, mas levámos o terceiro golo e o jogo ficou completamente decidido. Houve falta de concentração, falta de conhecimento do poderio do Moreirense, apesar de estarem avisados que o Moreirense tem uma excelente equipa, está muito bem orientada e que joga muito bem. Todas as situações depois de uma vitória frente ao FC Porto deixaram-nos um bocadinho nas nuvens e quando andamos nas nuvens normalmente o trambolhão é muito grande. Foi o que aconteceu na primeira hora, deve servir de exemplo e refletimos sobre a situação"

Definição do plantel

"Ainda não temos o plantel sequer fechado e devidamente constituído, quanto mais uma equipa. Estamos à procura de fechar o plantel e vamos fechar rapidamente, e é um plantel que nos satisfaz e depois vamos consolidar a equipa. Tem-se feito um esforço enorme para o mais depressa possível funcionarmos como equipa, mas nem sempre é possível, e em equipas que há algum desconhecimento, há uma grande irregularidade, a regularidade vem do conhecimento que temos dos adversários, dos colegas. Estamos a tentar adquirir essas ferramentas para vencermos"

Importância do apoio dos adeptos para este jogo

"É muito importante o apoio dos adeptos, o Gil Vicente veio de uma fase muito difícil, continua numa fase muito difícil e o apoio dos adeptos é absolutamente indispensável. Frente ao FC Porto foram enormes, apoiaram-nos nos dois jogos que fizemos fora, em Moreira de Cónegos, mesmo a equipa não tendo feito um bom jogo, apareceram em grande número e mantiveram-se solidários com a equipa. Esperamos para amanhã um forte apoio da massa associativa e esperamos que a sintonia e entre os adeptos e a equipa seja perfeita"

Por Rui Sousa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Gil Vicente

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.