Vítor Oliveira: «Precisamos de fazer pontos fora de casa»

Treinador do Gil Vicente fez a antevisão do jogo com o Aves

• Foto: Diogo Matos

Naquele que é um duelo entre duas equipas que estão em lugares da segunda metade da tabela, o Gil Vicente visita, esta sexta-feira, o terreno do Aves. Na antevisão da partida, Vítor Oliveira, técnico dos gilistas, assumiu a importância de conquistar pontos fora de portas e de dar continuidade à vitória da semana passada.

O treinador começou por fazer uma análise ao momento de cada equipa e recusou a ideia de que o jogo para a Taça da Liga entre os dois clubes (disputado no início da temporada) tenha influência na partida desta sexta-feira.

"Este é um jogo com algumas particularidades. Vai ser um jogo difícil para o Aves, que está afastado das vitórias há muito tempo e que quer voltar a vencer. Vai ser um jogo difícil para o Gil Vicente, que conseguiu uma boa vitória frente ao Marítimo e que quer dar sequência a isso. O objetivo das duas equipas é o mesmo, a permanência na 1ª Liga. Nenhuma das duas equipas tem feito um campeonato de acordo com aquilo que pretendia, queremos sempre mais. Já defrontámos o Aves, mas o que o aconteceu há dois meses não tem grande importância para este jogo. Precisamos de fazer pontos fora de casa, queremos mostrar que somos capazes de conseguir bons resultados fora de casa. Vai ser uma partida equilibrada e dividida", afirmou.

Salientando que o plantel tem de ser capaz de dar resposta em diferentes sistemas táticos, Vítor Oliveira referiu que o facto de os minhotos terem vencido o Marítimo não vai fazer com que a equipa facilite na partida frente ao Aves: "O Aves e o Gil Vicente são equipas muito parecidas. Aliás, no nosso campeonato temos oito/dez equipa que são muito iguais. Essas oito/dez equipas são aquelas que vão tentar fugir dos lugares de despromoção e, nesse sentido, não faz sentido falar-se em facilitismos de qualquer espécie. As equipas são muito equilibradas, calculistas e estão bem preparadas, os jogos decidem-se nos detalhes. Não queremos, não podemos e não devemos facilitar. Queremos que este, mais do que um ponto de viragem, seja um ponto de consolidação. Isso ajudava-nos a encarar os próximos jogos com mais otimismo e mais tranquilidade".

O treinador do Gil Vicente concluiu deixando elogios ao adversário. "O Aves mudou de treinador, o Leandro Pires foi meu jogador, era um excelente profissional e um homem de grande caráter. Acredito que vai ser uma equipa fortemente motivada, que vai ter novas ideias e que vai lutar até à exaustão. Vão aparecer novos jogadores, que jogavam nos sub-23 e, nesta primeira fase, é sempre uma incógnita. No entanto, estamos à espera de uma equipa motivada e dá uma importância transcendente a esta partida. Nós preocupamo-nos com o Aves, mas temos de nos focar essencialmente connosco. Se o Aves jogar pouco, mas nós ainda jogarmos menos, a probabilidade de ganharmos é menor."

A partida entre o Aves e o Gil Vicente está agendada para as 20h30 desta sexta-feira.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Gil Vicente

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.